CDL INFORMA

NOTÍCIAS

13/11/2017 15:27

Pozzobon e Galvan votam e prometem lutar contra mais taxação ao agronegócio

  • Fonte: RDNews
Foto: Reprodução

Os dois candidatos à presidência da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), para o biênio 2018/2020, Elso Pozzobon e Antônio Galvan, de Sorriso e Sinop, respectivamente, votaram na sede do Sindicato Rural de seus municípios na manhã desta segunda (13). Cerca de 5 mil associados escolherão o novo representante da instituição e o resultado tende a ser apertado.

Produtores votam na Aprosoja em Sinop; cerca de 5 mil escolhem nova diretoria em MT

Galvan começou na frente, mas Pozzobon conseguiu reverter a situação. Atual diretor financeiro da Aprosoja, Galvan, que disputou a presidência da Famato, mas perdeu para Normando Corral, acredita que vencerá com uma pequena vantagem. "Mas o que realmente vai dizer são as urnas”, disse em entrevista ao RdNews,  Ele encabeça a chapa Aprosoja Decidida, que tem Fernando Cadori como vice.

Pozzobon também está otimista. “Se eu não acreditasse na vitória nem entraria na disputa”. Ele integra a chapa Integrar para Fortalecer, que tem Alex Nobuyoshi Utiba como vice.

Os produtores estão preocupados com um possível aumento das taxas e tributos. Membros da Comissão Mista Especial do Congresso Nacional sugeriram a extinção da Lei Kandir, que isenta a cobrança de ICMS de produtos destinados à exportação, a proposta está sendo discutida. Conforme uma PEC em tramitação, cada Estado ficará a cargo de tributar a exportação, além de ficar livre para aplicar na área que desejar.

 

Sobre o assunto, os dois concorrentes alegaram que esse é um dos maiores problemas enfrentados pela classe. Galvan e Pozzobon pretendem lutar pelos agricultores, pois segundo eles, os produtores são responsáveis por no mínimo metade da arrecadação estadual. “Estão querendo tributar ainda mais o agro, isso vai diminuír a renda. Defenderei os diretos”, afirma Elso Pozzobon.

Os candidatos também comentaram sobre o Fethab, no qual os recursos são destinados para a infraestrutura das estradas. Galvan aponta que as rodovias para o escoamento da produção não são apenas os produtores que utilizam e sim toda a população, mas que não há uma preocupação por parte do governo. “É um absurdo, desviam recursos. É interessante ter a saúde e a educação boa, mas os municípios que ainda não tem pavimentação asfáltica, sem acesso, é o que eles mais querem”.

Além do presidente e vice, também serão eleitos 158 delegados. O resultado parcial das eleições será conhecido após às 17h desta segunda. No entanto, a Comissão Eleitoral publicará o resultado oficial em até sete dias.

Criada em 2005, a Aprosoja, tem 24 núcleos espalhados pelos municípios com maior produção de soja e milho em Mato Grosso. É uma entidade do terceiro setor que faz a representação política de classe dos agricultores que plantam soja e milho no Estado. Todos os cargos de liderança que compõem sua governança são ocupados por produtores rurais voluntários, de forma não remunerada.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar