Carregando...
Carregando


Juína News

Hoje Domingo
15 de Dezembro de 2019




Avó chora ao falar do neto de 2 anos que morreu vítima de agressões em Juína

02 de Dezembro de 2019
- Fonte: Juína News
Menino sofreu traumatismo cranioencefálico gravíssimo, não resistiu e morreu.

Menino sofreu traumatismo cranioencefálico gravíssimo, não resistiu e morreu.

Um caso de grande repercussão e que chocou a população do município de Juína (a 734 km de Cuiabá) teve um desfecho triste neste domingo, onde a criança, J.R.F, de 2 anos, que foi violentamente espancado pelo padrasto faleceu numa UTI pediátrica em Várzea Grande.

Na semana passada, ele foi diagnosticado com morte cerebral, mas a família mantinha esperança por que o coração batia como disse a avó paterna da criança, Rosinei Aparecida Ferreira, em entrevista ao Juína News.

“Tínhamos muita esperança, mas infelizmente eu fui a Cuiabá e vi a situação dele, estava muito machucado, e naquele momento só um milagre de Deus. Deus o levou para amenizar o sofrimento dele aqui na terra” – disse a avó, muito emocionada.

Com lesões na cabeça e hematomas no corpo, o menino deu entrada na UPA de Juína no último dia 17 de novembro e devido às gravidades das lesões foi transferida para UTI.

O autor do espancamento é Igor Campos de Almeida, de 18 anos, que foi preso preventivamente pela polícia civil 5 dias após as agressões.

“Quem fez isso vai pagar, por que mesmo ele preso não vai trazer a vida do meu neto de volta, ele foi o meu primeiro neto, eu que o criei. Eu quero justiça” – chora dona Rosinei.

Segundo informações de familiares, Igor mantinha um relacionamento com a mãe do menino e o agrediu com chutes na cabeça na ausência dela.

“É muito triste, muito dolorido, porque tiraram a vida do meu neto sem precisão, ele não devia nada pra ninguém. Esse covarde tirou a vida dele, ela também estava presente e também é cúmplice, ela sabe de tudo que aconteceu, ela não quer falar, por que eu soube que ela estava dentro da casa mexendo no celular e viu espancando meu neto e não fez nada. Eu que o criei, eu que batalhei pela vida dele” – desabafou.

O corpo do menino chegou nesta manhã em Campo Novo do Parecis. Dona Rosinei embarcou às 11h na rodoviária de Juína com destino a Campo Novo para o velório e sepultamento de seu neto.

  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Google
3 - COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário

Por: Cristina
Realmente é triste quando um covarde tira a.vida de um inocentes,a familia fica sem estrutura ,avó desta criança,esta cintido o. Mesmo que familia do professor Denis na mesma. Mês. Até hoje esta sem estrutura - 03/12/2019 10:07:45

Por: Ediran
A Mãe (se pode chama-la de mãe) tem que ser penalizada tb,. Ela omitiu socirro, tem que responder pelo crime. - 03/12/2019 08:15:00

Por: Sirley
Acho que a mãe deveria ir presa também pq não ajudou seu filho ela omitiu socorro - 02/12/2019 18:34:45




O site www.juinanews.com.br foi criado em 2008 com o único objetivo de levar as informações e as notícias do município de Juína e toda região.

Com o Juína News, você fica informado. As notícias são imparciais, volte sempre.

© 2008 - 2019 - A notícia certa, na hora certa.
Todos os direitos reservados.