Carregando...
Carregando


Juína News

Hoje Terça
11 de Agosto de 2020




Prefeito de Juína explica quais os interesses em comprar prédio da Ajopam

Prédio foi desocupado há cerca de 1 ano, porém associação continua atuante no município

12 de Fevereiro de 2020
- Fonte: Juina News - Atualizado 12/02/2020 08:13:46

O projeto de lei Nº 002/2020 que autoriza o poder executivo a adquirir o prédio de alvenaria que é de propriedade da Associação Rural Juinense Organizada Para Ajuda Mútua - AJOPAM foi protocolado no dia 03 de fevereiro na câmara de vereadores do município de Juína para apreciação e posterior aprovação.
 
Se aprovado pelos vereadores, será feita a compra do prédio de aproximadamente 500 metros construídos e que fica sob um terreno que já pertence a prefeitura. Segundo o prefeito municipal Altir Peruzzo, o prédio que hoje não está em funcionamento, terá uma grande utilização para guardar materiais de algumas secretarias. 
 
“É um prédio grande de quase 500 metros quadrados construídos e que com uns pequenos retoques ele se torna um prédio perfeito para utilização em diversas necessidades que a prefeitura tem. Então nós fizemos um primeiro entendimento, pedimos a um engenheiro que fizesse uma avaliação, pedimos a comissão que avalia o patrimônio da prefeitura, no caso de venda e compra que também fizessem uma avaliação e mandamos para a câmara no intuito de pedir uma autorização”, explicou Peruzzo.
 
A aquisição custará aos cofres públicos um valor de R$ 400,00 mil reais e de acordo com o prefeito, grande parte dos recursos para compra foram obtidos com a venda de terrenos da prefeitura que ficam próximos ao moto clube.
 
“A avaliação de 400 mil reais foi feita, porém a negociação da compra pode ser feita nesse valor ou um pouco inferior, agora o projeto está na câmara para discussão e eu pedi para que os vereadores aprofundassem e debatessem, que tivessem esse espaço, essa oportunidade, e dizendo isso, que para a prefeitura o prédio interessa, viável economicamente e por estar pronto, construído, precisando só de algumas adequações e está num terreno público e sobretudo numa área onde estão concentrados equipamentos públicos, nós temos a UPA, a secretaria de assistência social, a creche, o lar da criança, estão todos ali nessa área”, lembrou o chefe do executivo.
 
Sobre essa possível compra do prédio da AJOPAM pela prefeitura, a população opinou e questionou nas redes sociais o poder público sobre essa possibilidade, de comprar um prédio que está construído em cima de um terreno da própria prefeitura.
 
“Tudo que é público é fruto de debate e eu vejo com naturalidade, e é um direito da sociedade de discutir e debater, por que afinal tudo envolve dinheiro público, dinheiro de todo mundo. Agora que seria mais importante ao debater, que essas pessoas buscassem essas informações, quanto que vale, qual o valor, se é compatível, para que vai ser utilizado”, observou.
 
O projeto após protocolado na câmara, será lido pelos vereadores e há um prazo de 15 dias para ser colocado em pauta e votado. Se aprovado a compra, o local será usado para depósito de materiais e equipamentos da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, da Secretaria Municipal de Saúde, Arquivo Morto, Laboratório de Solos, dentre outras atividades da administração pública municipal.
 
O prefeito ressaltou ainda que “O dinheiro pago pelo prédio á AJOPAM será destinado exclusivamente a entidade, por que o terreno sim é do município, mas o prédio é da Ajopam e a destinação do dinheiro também será de responsabilidade deles”, concluiu.
 
Procurado por nossa reportagem o presidente da câmara municipal, vereador Eduardo Rodrigues da Silva, confirmou que o projeto em questão está irregular e que foi retirado de pauta e será devolvido para reavaliação do executivo, e que o valor do prédio da associação está um pouco elevado o valor.
 
Os vereadores Geraldo Ferreira (Geraldinho) e Aelcio Moreira (neguinho da borracharia) são contra a aquisição do prédio da Ajopam pela prefeitura. Em entrevista, o vereador Geraldinho disse que há um “jogo” de interesse nessa aquisição.
 
Para Geraldinho, a Ajopam é uma fonte do PT, sempre trabalharam juntos e o prefeito fez parte da Ajopam por muitos anos, e talvez a compra desse prédio é para livrar a associação de um problema financeiro.
  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Google
0 - COMENTÁRIO
Deixe seu comentário



O site www.juinanews.com.br foi criado em 2008 com o único objetivo de levar as informações e as notícias do município de Juína e toda região.

Com o Juína News, você fica informado. As notícias são imparciais, volte sempre.

© 2008 - 2020 - A notícia certa, na hora certa.
Todos os direitos reservados.