Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Cidades Segunda-feira, 13 de Novembro de 2023, 09:24 - A | A

Segunda-feira, 13 de Novembro de 2023, 09h:24 - A | A

RISCO À SAÚDE

Defesa Civil alerta para intensa onda de calor em Mato Grosso

Ministério da Saúde apontou risco de emergência em saúde pública em razão do calor no Estado

Juína News com Assessoria

A Defesa Civil de Mato Grosso emitiu alerta, para um grande perigo à saúde em razão da onda de calor prevista para o Estado até a próxima quarta-feira (15). 

O alerta considera os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que apontam previsão de que a temperatura atinja 5ºC acima da média do período pelos próximos cinco dias. A previsão é que a temperatura máxima supere os 41ºC em diversas cidades do Estado.

Em razão da elevada temperatura, e da duração da onda de calor, o Ministério da Saúde emitiu orientações sobre um potencial risco de emergência em saúde pública em Mato Grosso. "As ondas de calor representam sérios riscos para a saúde humana, incluindo hipertermia, desidratação, problemas respiratórios e agravamento de condições médicas pré-existentes", informou 

Diante do quadro, a Defesa Civil recomenda que, nesse período, a população evite exposição ao sol durante os horários de maior calor, como das 10h às 17h,, evite a prática de atividades físicas ao ar livre sem a proteção adequada e não deixe crianças ou pessoas idosas sem vigilância em veículos estacionados. 

Também é recomendado que a população beba bastante água e consuma alimentos leves, tome banhos frios ou em locais seguros, evitando correntes fortes de água, mantenha os locais frescos e arejados, e garanta que as conexões elétricas do local sejam seguras.

É recomendado, ainda, o uso de umidificadores de ar (também podem ser usadas bacias com água para umidificar os ambientes ou estender toalhas e panos únicos), e roupas leves e soltas.

Já em caso de problemas respiratórios, é recomendado que a população procure um posto médico.

Em caso de incêndios ou emergências médicas, deve-se acionar o Corpo de Bombeiros pelo número 193. O Samu também pode ser acionado pelo 192.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros