Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Curtinhas Segunda-feira, 02 de Outubro de 2023, 15:21 - A | A

Segunda-feira, 02 de Outubro de 2023, 15h:21 - A | A

safra 2023/24

Custo da safra de soja em Mato Grosso cai 15,5% e IMEA orienta produtor sobre oportunidades de ‘conciliar contas’

O custeio da soja para a safra 2023/24 em agosto ficou em R$ 4.145,68/hectares, queda de 15,57% em relação às despesas do ano passado. O levantamento é do Projeto Rentabilidade no meio rural, do Senar e foi divulgado, ontem, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária. Esse cenário está atrelado à queda nos preços dos insumos, que desde o ano passado seguem pressionados.

“Para se ter uma ideia, as despesas com semente de soja desvalorizou 19,50% no comparativo anual e o do fertilizante e corretivos caiu 25,03% ante a safra passada. Por outro lado, é importante destacar que, apesar de as despesas da soja exibirem queda e o preço da oleaginosa cobrir quase todos os custos, o produtor que faz o sistema de soja mais milho terá uma maior dificuldade para fechar as contas neste ano, devido às margens negativas do cereal”, aponta o instituto.

Diante desse realidade, “o produtor deve se atentar às oportunidades do mercado para garantir as melhores negociações e conseguir conciliar as contas no fim da safra 2023/24”, finaliza o IMEA. No boletim da soja do último dia 11, o IMEA pontou que o preço médio da saca de soja disponível em Mato Grosso foi de R$ 118,33.

 

Só Notícias 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros