Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Curtinhas Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 09:11 - A | A

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 09h:11 - A | A

AGILIDADE

Transferência de documento de veículo pode ser feita online; saiba como

Nova modalidade agiliza o processo de transferência de propriedade de veículos automotores

Juína News com Assessoria

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) oferece, entre várias modalidades de serviços online, a transferência digital veicular, agilizando o processo de transferência de propriedade de veículos automotores, anteriormente realizado apenas de forma presencial nas unidades do órgão. Agora, o processo pode ser iniciado pelo aplicativo MT Cidadão.

O serviço está disponível para transferências de veículos que já possuam o Certificado de Registro de Veículo em meio digital (CRV-e), emitidos após 04/01/2021, e de pessoa física para pessoa física.

O processo é dividido em duas fases: a do vendedor e a do comprador. Na fase do vendedor, ele precisa acessar o aplicativo MT Cidadão e, se ainda não tiver, deve solicitar no próprio aplicativo o MT ID (assinatura eletrônica gratuita para assinar qualquer documento dentro do aplicativo). Em seguida, na opção “Meu Veículo”, selecione o veículo, entre na intenção de venda, preencha seus dados e os dados do comprador, clique em Transferência de Veículo e assine com seu MT ID. Após a assinatura, verifique os dados.

O comprador deve acessar o mesmo aplicativo e, se não tiver MT ID, é preciso fazer a solicitação. Clique no veículo cujo processo está aberto e assine digitalmente com seu MT ID. O comprador deve acompanhar o andamento do processo, pagar as taxas e agendar a vistoria pelo aplicativo.

Após a vistoria, aguarde a aprovação do Detran-MT para a emissão do seu documento (CRLV).

“A medida facilita muito o processo de transferência, evitando filas e reduzindo o deslocamento do comprador somente para o momento em que ele deve fazer a vistoria junto ao Detran-MT, a qual pode ser agendada também pelo aplicativo”, afirma o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros