Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Entretenimento Quarta-feira, 24 de Maio de 2023, 12:25 - A | A

Quarta-feira, 24 de Maio de 2023, 12h:25 - A | A

Faro diz que não aguentava mais contar história de superação

O apresentador destacou que esse tipo de quadro, apesar de "legal", é algo já batido nos programas dominicais

Rodrigo Faro, 49, disse que retomou o quadro "Vai Dar Namoro" em seu programa na Record porque "não aguentava mais" contar histórias de superação.

O apresentador destacou que esse tipo de quadro, apesar de "legal", é algo já batido nos programas dominicais e ele queria fazer algo diferente. As declarações foram no podcast PodPah.

"Programa de domingo tem aquela coisa que eu já não aguentava mais de história de superação, chega uma hora que já não dava mais contar a história da pessoa... É legal, mas não dá pra ficar cinco anos fazendo a mesma coisa... Eu venho do sábado, de uma coisa... 'Vai Dar Namoro', irreverente, fazer coisas fora da curva, aquela loucura", declarou. 

Faro ponderou que os quadros com histórias de superação funcionaram e deram audiência, mas sentiu que precisava de mudança. Com a pandemia e a dificuldade de gravar externas, teve a ideia de retomar o icônico quadro que popularizou seu programa na Record ao tentar formar casais.

"Aí veio a pandemia, ferrou com todos os programas, ninguém podia fazer programa, ninguém podia gravar, ninguém podia fazer mais nada, a gente com dois anos repetindo programa, precisamos voltar com uma novidade, na hora me veio na cabeça, [falei] 'galera, vamos voltar com o vai dar namoro que foi um sucesso no passado. Enquanto está todo mundo fazendo história, vamos parar de fazer, quebrar esse paradigma, e vamos voltar com uma loucura e ver o que acontece", continuou.

Para Rodrigo Faro, trazer esse quadro para as tardes de domingo foi positivo porque não apenas rendeu na audiência, como lhe popularizou entre o público mais jovem, devido a repercussão nas redes sociais. "Deu uma renovada no público inacreditável", concluiu.

 

 

 

Fonte: Uol

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros