Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Flagrante Domingo, 16 de Junho de 2019, 00:00 - A | A

Domingo, 16 de Junho de 2019, 00h:00 - A | A

Polícia Militar prende homem que tentou matar esposa e enteada a tiros em Juína

Juína News

Como anunciamos anteriormente, Lenilson Alves da Cunha, 40, é acusado de tentar matar a tiros a sua esposa, uma mulher, de 45 anos, e sua enteada, uma adolescente, de 15.  O crime aconteceu na noite de ontem na residência deles no setor Industrial, em Juína.

Após cometer o crime de tentativa de feminicídio o suspeito foragiu num veículo Fiat Uno de cor branca e levou consigo uma espingarda. Ele teria ainda tentado manter relação sexual com a adolescente, mas foi impedido pela mãe da menor.

O acusado estava foragido e neste domingo a polícia militar recebeu denúncias de que Lenilson estava na casa das vítimas.

Imediatamente uma guarnição da PM se deslocou até o local e se deparou com o suspeito em frente à residência das vítimas.

Os policiais militares deram ordem para que o suspeito colocasse as mãos na cabeça, mas ele se negou e ainda disse que não iria obedecer a ordem policial, e logo em seguida ele abriu a porta traseira e tentou se apossar de uma arma de fogo.

Não havendo outra saída, os policiais efetuaram disparo de arma de choque (spark, dispositivo elétrico incapacitante), para imobilizar o agressor. Mesmo assim, Lenilson ainda tentou reagir, e foi imobilizado pela guarnição.

No banco do veículo, foi localizada uma espingarda artesanal, municiada com um cartucho carregado e uma faca.

A PM conduziu o suspeito para UPA, e após atendimento médico foi encaminhado para a delegacia de polícia, onde foi autuado em flagrante delito por crime de porte ilegal de arma de fogo e resistência à prisão.

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros