Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Gerais Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 10:10 - A | A

Terça-feira, 11 de Julho de 2023, 10h:10 - A | A

AGRONEGÓCIO

AgTech Garage anuncia startups selecionadas no Intensive Connection 2023

Nesta edição, o programa irá proporcionar aos empreendedores a chance de conhecer de perto a realidade de gigantes do agro e do setor florestal

Assessoria Sicredi

AgTech Garage — parte do network PwC e maior hub de inovação especializado na cadeia de Ag&Food Tech na América Latina — anuncia as 11 startups selecionadas para participar do Intensive Connection 2023, dentre um total de 30 finalistas. O programa é realizado em conjunto pelo AgTech Garage e os Innovation l Corporates: Bunge, empresa global de agronegócio e alimentos; Dexco, maior companhia brasileira do setor de materiais de construção, reforma e decoração; Ceva, empresa francesa de saúde animal; John Deere, empresa americana de máquinas; OCP, companhia marroquina de fertilizantes e Sicredi, instituição financeira cooperativa brasileira. Referência no país, o Intensive Connection é o principal programa de inovação aberta no agro do Brasil e está em sua 5ª edição. 

José Tomé, CEO do AgTech Garage e sócio da PwC, reforça que em 2023 o programa trouxe novidades que tiveram uma boa recepção no mercado, o que inclui a seleção de startups de fora do agro ou com soluções recém-criadas para o setor. “O agro demanda soluções que vão muito além da cadeia em que está inserido, se interconectando com vários setores da economia e diferentes demandas da sociedade. A partir da imersão no contexto dos nossos Innovation l Corporates, a expectativa é que os empreendedores selecionados possam aproveitar ao máximo um novo hall de oportunidades de negócios e networking”.  

 

Conheça as startups selecionadas

 

Bunge, que por meio de sua joint venture em parceria com a UPL, a Orígeo, buscava se conectar com startups capazes de apoiar a melhoria da experiência dos clientes, selecionou as startups Ludos Pro e Já Entendi Agro para cooperação no Intensive Connection.

A Ludos Pro é uma plataforma para empresas que se utiliza de gamificação para facilitar a aprendizagem em treinamentos corporativos. Enquanto a Já Entendi Agro desenvolveu uma metodologia própria de ensino baseada na experimentação por meio da tentativa e erro.

A partir da seleção no programa, as startups serão expostas ao modelo de negócios da Orígeo e poderão testar suas soluções em um ambiente com alto potencial de escalabilidade, além de receber mentoria executiva.

No caso da Ceva, a visão de valorizar o posicionamento junto ao cliente como uma empresa inovadora, que pensa o futuro e investe em soluções de tecnologia, levou à escolha das startups @Tech e Olho do Dono.  A @Tech usa tecnologia de ponta para monitorar rebanhos de corte e predizer o ponto ótimo de negociação para o produtor, com base no desempenho individual e diário do gado confinado. Já a startup Olho do Dono desenvolveu uma câmera 3D portátil que conta animal a animal, com o gado solto no pasto ou no confinamento, e calcula seu peso usando visão computacional.

O objetivo da Ceva é que, ao longo do IC, as startups possam estreitar o relacionamento com os clientes da marca, a fim de ampliar o acesso a soluções tecnológicas na pecuária e os resultados produtivos.

Considerando que os fertilizantes representam o segundo maior custo da produção de madeira a partir de florestas plantadas da Dexco e que há espaço para otimização do uso desses insumos no campo, a companhia selecionou as startups Ledcorp Geplant.

A Ledcorp é especializada em soluções para a indústria 4.0 que consolida e exibe em tempo real dados de telemetria, rastreamento de pessoas e recursos. Enquanto a Geplant oferece uma visão integrada do ambiente de produção, dando acesso a indicadores de manejo do solo, sustentabilidade do cultivo silvicultural e equilíbrio nutricional das árvores. 

Na nova etapa que se segue, a Dexco quer somar esforços com os empreendedores para investir em tecnologias que minimizem perdas na cadeia de suprimentos e garantam a eficiência da aplicação de fertilizantes, além de considerar fontes alternativas de adubação. A jornada das startups ao lado da Dexco prevê, entre outras ações, visitas às suas instalações florestais e industriais, além de acesso à sua expertise em ESG.

Atenta à relevância da agricultura 5.0 para geração de valor ao produtor e seus concessionários, a John Deere seguirá no Intensive Connection com as startups Murabei Biti9

De um lado, a Murabei atua com serviços que dão escala e economizam tempo e recursos na aplicação de Data Science. Ao passo que a Biti9 faz automações customizadas para diversos setores, utilizando ferramentas como o ChatGPT, a automação robótica de processos (RPA), inteligência artificial (IA) e reconhecimento ótico de caracteres (OCR).

A escolha das startups reflete o compromisso da John Deere com a digitalização da agricultura baseada na análise de dados e métricas — pensando em aumentar a eficiência dos concessionários e, consequentemente, auxiliar os clientes nas tomadas de decisão a partir das grandes quantidades de dados captados e processados em suas propriedades. 

Diante do desafio de integrar dados na cadeia de insumos para otimizar a distribuição na ponta, a OCP escolheu as logtechs Aware goFlux para participar do Intesive Connection. 

A Aware Logistics é uma startup de soluções tecnológicas para gestão de transporte e logística, que permite acompanhar o trânsito de mercadorias desde a origem até o consumidor final. A goFlux, por sua vez, fornece uma solução de ponta a ponta para embarcadores e transportadores, indo da contratação e gestão de fretes à oferta de soluções para neutralizar as emissões de carbono dos veículos transportadores.

Por meio da prática da inovação aberta, a OCP espera otimizar seus processos em busca de maior eficiência operacional. Seja no que tange o planejamento, recebimento, estocagem e entrega dos fertilizantes que produz. 

Com foco em promover o desenvolvimento sustentável no campo, o Sicredi decidiu seguir adiante na colaboração com as startups Produzindo Certo e Já Entendi Agro.

A Produzindo Certo é referência em levar assistência técnica e conhecimento em sustentabilidade para o campo, ajudando agricultores e pecuaristas a adequarem suas fazendas à legislação e às melhores práticas socioambientais. Por sua vez, a Já Entendi Agro desenvolveu uma metodologia própria para educação de pessoas no campo, e o Sicredi quer levar o método de capacitação a seus associados que buscam aumentar a produtividade de forma ambientalmente sustentável.  

Na jornada que se inicia agora, o Sicredi irá apresentar aos empreendedores selecionados seu sistema cooperativo, bem como aproximar seus associados produtores rurais das startups, a fim de fomentar o uso de soluções que os apoiem na adoção de boas práticas socioambientais na agricultura, pecuária e demais atividades rurais, garantindo o bem-estar de toda a sociedade e o equilíbrio entre produção e conservação. O Sicredi conta com mais de 690 mil associados produtores rurais, sendo 85% da agricultura familiar, 11% produtores de médio porte e 4% produtores de grande porte.

Para saber mais sobre o Intensive Connection, acesse o site do AgTech Garage.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros