Juína/MT, 22 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Julho de 2024


Gerais Segunda-feira, 24 de Julho de 2023, 09:15 - A | A

Segunda-feira, 24 de Julho de 2023, 09h:15 - A | A

Quinzena de julho

Diferencial de base do boi gordo entre Mato Grosso e São Paulo sobe para 16,5%

O diferencial de base da pecuária entre Mato Grosso e São Paulo fechou a primeira quinzena de julho em 16,51%, alargamento de 0,82 ponto percentual ante ao mesmo período de junho, o que reforça o maior distanciamento entre as praças. Esse movimento foi reflexo da maior valorização do boi gordo em São Paulo, que esteve em R$ 258,12/@ na parcial deste mês (alta de 4,28% no mesmo comparativo), segundo o CEPEA/USP.

Mato Grosso apresentou recuperação mais tímida, e ficou cotado em R$ 215,50/@ no período — aumento de 3,27% — (cotações a prazo e livre de impostos). O que segurou a alta do boi gordo mato-grossense “foi o alongamento nas escalas de abates, uma vez que as indústrias reduzem o apetite por novos negócios, visto os estoques bem abastecidos”, analisa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

A oferta de fêmeas acima da média nesse ano tende a ser um fator negativo para a recuperação sazonal nos preços do boi gordo que costuma ser vista no segundo semestre.

 

 

Só Notícias

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros