Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Juína Terça-feira, 27 de Junho de 2023, 12:48 - A | A

Terça-feira, 27 de Junho de 2023, 12h:48 - A | A

Parceria com IFMT

Ecobarreiras: conheça o projeto sustentável para redução de resíduos no Rio Perdido em Juína

Como forma de contribuir com a redução dos resíduos lançado nos corpos hídricos de Juína, uma parceria entre IFMT, Secretaria de Educação e Departamento de Licenciamento e Fiscalização Ambiental (DELFAN), iniciou a instalação de ecobarreiras em dois pontos do Rio Perdido.

Ecobarreiras são estruturas flutuantes que, ao serem colocadas transversalmente nos leitos fluviais, viabilizam a contenção do fluxo de resíduos flutuantes, majoritariamente constituídos por materiais plásticos e descartáveis. Quando descartados indiscriminadamente nos rios, tais materiais podem acarretar consequências ambientais adversas, tais como a intensificação da sedimentação, contaminação microbiana, desequilíbrio da biota local, liberação de odores desagradáveis e alteração do regime hidrológico.

"Durante uma expedição realizada pelo Rio Perdido, identificamos várias ilhas de lixo e, por isso, decidimos utilizar a técnica das ecobarreiras. Após a instalação, faremos o monitoramento da quantidade de lixo que essas ecobarreiras irão reter", explica o professor do IFMT, Josemir Paiva.

Para a construção da ecobarreiras são utilizados, em sua base, materiais reciclados como garrafas PET e galões que garantem a flutuação. Além disso, algumas ecobarreiras podem incluir madeiras e aço em sua estrutura, que ao serem amarrados por cordas e redes, formam uma barreira de proteção que facilitará a remoção do lixo flutuante, a fim de seja realizada a sua captura e o seu descarte correto.

De acordo com o Secretário de Agricultura, Adalberto Rodrigues, " essa iniciativa surge como resposta ao crescente problema da poluição hídrica enfrentada pelo Rio Perdido, importante recurso natural da região de Juína. Com a instalação das ecobarreiras, espera-se conter o avanço desses resíduos e preservar a qualidade das águas, protegendo assim a biodiversidade e o ecossistema local”, ressaltou.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews 

 

 

 

Fonte: Imprensa/PMJ

 

Álbum de fotos

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros