Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Juína Quinta-feira, 21 de Setembro de 2023, 15:21 - A | A

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2023, 15h:21 - A | A

Feminicídio

Homem que matou ex-esposa gestante de 05 meses, tem prisão decretada pela justiça em Juína

Acusado de feminicídio permanece hospitalizado após ser agredido por populares

Juína News

Após assassinar a ex-esposa que estava gestante de 05 meses, o acusado Anderson Ferreira Gomes de 28 anos, vulgo “Turoca” teve sua prisão decretada pelo meritíssimo juiz da 3ª Vara do Fórum da comarca de Juína, Dr. Vagner Dupim Dias. 

O feminicídio aconteceu na rua Valmira Gouvêa de Oliveira no bairro Módulo – 6, na cidade de Juína, na noite do último sábado dia 16 de setembro, Anderson sacou uma arma e atirou em Eduarda Alexandra Dutra, de 17 anos.. O disparo atravessou o coração dela.

Relembre o caso: Gestante de 17 anos é assassinada pelo ex-marido em Juína; assassino foi preso

Anderson tentou fugir de moto, mas foi pego e agredido por populares, e após ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento, foi transferido para uma Unidade de Terapia Intensa (UTI) na capital Cuiabá, com fratura de face e suspeita de fratura de crânio, em estado grave, porém estável, e devido estar em tratamento médico, não foi possível ser procedida a audiência de custódia.

Na decisão, o magistrado levou em consideração que, além do depoimento das testemunhas que não deixaram dúvidas sobre a autoria do crime, o suspeito já tinha em seu desfavor antecedentes criminais em decorrência de crime de violência doméstica.

“Nesse toar, o Estado de perigo, que a liberdade do indiciado causaria está evidenciado nos autos pelo modus operandis, isso porque as declarações sugerem que o custodiado, dissimulou ir embora e retornou para dentro da residência onde disparou contra a vítima, uma adolescente de 17 anos, gestante e na sequência tentou empreender fuga sendo contido por populares”, destaca o magistrado.

Diante de indícios de autoria e materialidade do crime, o juiz converteu a prisão em flagrante de Anderson em prisão preventiva.

Ficou determinado que durante o tempo em que o suspeito permanecer internado para tratamento médico, sua custódia ficará sob responsabilidade da Polícia Penal, até que se restabeleça e seja direcionado para uma unidade prisional, além de enviar informações diárias através dos boletins médicos que informarão sobre o quadro clínico do preso.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

 

 

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros