Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Lista de Notícias Domingo, 24 de Dezembro de 2017, 00:00 - A | A

Domingo, 24 de Dezembro de 2017, 00h:00 - A | A

Dois homens são indiciados pela Polícia Civil de Juína por tentativa de latrocínio

Juína News

O delegado de polícia Marco Remuzzi, da cidade de Juína, no Mato Grosso, autuou em flagrante neste sábado, dia 23, dois homens por crime de tentativa de latrocínio. O crime aconteceu na residência da vítima, Vandoir de Lima, de 38 anos, na Avenida Londrina, no módulo- 5.

Wanderson Teixeira de Souza, 25, e Felipe Soares, 26, foram até a casa da vítima e lá efetuaram disparos de arma de fogo e o esfaquearam. Vandoir conseguiu correr e entrar no banheiro. Com medo se trancou, mas saiu novamente e conseguiu 'tomar' a faca de um dos suspeitos e os atingiu com vários golpes. Wanderson e Felipe fugiram e procuraram socorro.

Para a Polícia Militar, os suspeitos simularam uma “situação”, e tentaram se passar por vítimas das agressões.

O caso foi analisado pela Polícia Civil que descobriu toda a mentira dos elementos.

De acordo com o delegado, Marco Remuzzi, a vítima estava na madrugada de sábado com os suspeitos num bar jogando sinuca e depois foi embora para sua residência e possivelmente foi perseguido e lá a dupla cometeu o crime.

À polícia, os acusados negaram o crime e disseram que houve uma briga em frente ao bar, mas pela manhã de ontem, a perícia e o delegado de polícia, foram ao local do crime e descobriram que os rapazes realmente mentiram a polícia.

Os suspeitos serão autuados em flagrante por tentativa de latrocínio, a vítima relatou que foi roubado R$ 1.300,00 de sua residência.

Felipe que mentiu a sua verdadeira identidade afirmando que se chamava Rafael possui um mandado de prisão por crime de homicídio qualificado que aconteceu no dia 21 de fevereiro deste ano na fazenda Rio do Sangue, em Brasnorte.

A arma de fogo não foi localizada pela polícia.

Depois de ouvidos, ambos foram levados ao CDP, de Juína.

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros