Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Lista de Notícias Domingo, 25 de Março de 2018, 00:00 - A | A

Domingo, 25 de Março de 2018, 00h:00 - A | A

Funcionária presenciou assassinato da dona do bar Baracat Drink's em Juína

Juína News

O crime violento de feminicidio registrado na noite deste sábado, dia 24, que vitimou Conceição de Maria Cruz Ramos, 53, proprietária do bar Baracat Drink’s, na cidade de Juína, no noroeste de Mato Grosso, foi presenciado por uma única testemunha que por pouco também não foi morta pelo agressor.

Ela é funcionária do bar e foi quem teve o primeiro contato com assassino que chegou perguntado por conceição. Em entrevista, ela detalha que Ronaldo Vieira de Novaes, autor do crime, não podia se aproximar do local porque recentemente foi denunciado e preso por agredir conceição.

A testemunha disse que quando ele chegou no bar a vítima já estava deitada e pediu para falar com ela – que foi alertado que não podia está lá, mas ele insistiu.

“Eu estava sentada por lado de dentro do balcão, ele chegou e perguntou dela (Conceição), mas ela já estava deitada. Eu falei que não poderia está aqui, ele falou algumas ‘coisas’ para ela porque eles tinham largados e foi pra cima dela e estava de jaqueta e tirou a faca, e começou a golpear. Eu peguei um banco e joguei na cabeça dele, ele veio para me puxar eu sai correndo para fora gritando e pedindo socorro” – revelou a moça.

A Polícia Militar e Civil foram acionadas e iniciaram diligencias na tentativa de prender o acusado.

A perita criminal da Pericia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC), Ana Paiva, confirmou que foram mais de 10 perfurações de arma branca na vítima. Um laudo será enviado a Polícia Civil que deverá auxiliar nas investigações deste crime.

Um par de chinelos que estava próximo ao estabelecimento comercial foi apreendido pela polícia.

Brigas

Ao que parece, o relacionamento de Conceição e Ronaldo estava conturbado. Ele foi preso por lesão corporal e ameaça no dia 12 de março, mas foi solto na audiência de custódia no mesmo dia, eles estavam juntos a aproximadamente 1 ano.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros