Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Lista de Notícias Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2013, 00:00 - A | A

Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2013, 00h:00 - A | A

Polícia Civil de Juara prende em Cáceres autor de latrocínio cometido contra moto-taxista de Juína

Da Redação

Policiais civis de Juara, sob o comando do Delegado da Polícia Judiciária Civil, Dr. Carlos henrique Engelmann, de posse de um mandado de busca e apreensão e prisão temporária em desfavor Nilson Gomes Mateus, se deslocaram nesse final até a Comarca de Cáceres, onde efetuaram a prisão do acusado de matar e roubar a moto, celular e carteira do Moto-taxista, José Osvaldo de Toledo, 49 anos, popular Baixinho, morto no dia 6 de agosto, próximo à Rodovia do Vale, município de Juara, onde o corpo foi encontrado.

 

  

Desde então as polícia de Juína e Juara, também, sob o comando do Dr. Carlos henrique, vem fazendo investigações e buscando provas para chegar ao autor e mandante do crime.

 

 

Nilson Gomes Mateus foi localizado na comunidade de Caramujo, Comarca de Cáceres e em conversa com o delegado Carlos Henrique, confessou a autoria do crime, apontou uma terceira pessoa que estaria com o revólver usado no crime, um outro que estaria com o celular da vítima e o local onde havia escondido a moto, uma Yamaha YBR de cor e vermelha placa NUC-5408 de Juína.

 

 

Todos os instrumentos do crime foram localizados e apreendidos pelos agentes. O revolver estava municiado com 12 capsulas intactas. Nilson confessou ainda, que cometeu o crime por que conhecia o mandate, Cícero e que para isso recebeu R$ 300,00 (trezentos reais), em dinheiro e a arma usada para assassinar o moto-taxista, que foi morto com um tiro na nuca.

 

 

Em entrevista à imprensa assim que chegou à Juara, o Dr. Carlos henrique disse que sempre contou com o apoio do Dr. José Carlos de Almeida Junior e de sua equipe de Juína e que agora vai aguardar a chegada de Cicero Serafim dos Santos, 56 anos, mandante do crime, que foi preso nesse domingo em Juína, também com mandado de busca e apreensão. Cícero ainda não confessou, mas também, não negou o fato.

 

 

Segundo Nilson, Cicero Serafim o contratou para matar o mototaxista Osvaldo de Toledo, por que o mesmo estaria vivendo com a ex-esposa do mandante.

 

 

Se comprovadas todas as acusações que pesam contra os acusados, Nilson deverá responder por homicídio qualificado, latrocínio (morte seguida de roubo) e sem chance de defesa da vítima.

 

 

Por enquanto os acusados estão presos, com base no mandado de prisão temporária, que é para investigação. Eles permanecerão presos na Delegacia de Polícia de Juara por 30 dias, no entanto, o delegado disse que vai pedir as prisões preventivas, e, caso sejam expedidas pelo juízo local, eles irão para uma cela da Cadeia Pública de Juara.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros