Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Mato Grosso Segunda-feira, 23 de Outubro de 2023, 15:33 - A | A

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2023, 15h:33 - A | A

Agentes do socioeducativo de cinco municípios de MT participam de especialização

O curso ministrado no 44° Batalhão Infantaria Motorizada conta com 40 horas/aula

Juína News com Assessoria

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) está oferecendo um curso de atualização em operações especializadas aos profissionais do sistema socioeducativo de Mato Grosso. A capacitação começou nesta segunda-feira (23.10) com a participação de 60 servidores de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Barra do Garças e Cáceres, e seguirá até sexta-feira (27.10).

O curso ministrado no 44° Batalhão Infantaria Motorizada conta com 40 horas/aula.

O superintendente de Administração Socioeducativa, Iberê Ferreira da Silva Junior, afirmou que a capacitação auxilia na promoção de conhecimento técnico e no desenvolvimento de ações práticas.

“O curso ofertado tem o objetivo de desenvolver e ampliar habilidades e conhecimento dos servidores que atuam no Grupo de Operações Socioeducativas Especializadas, contribuindo assim no desempenho de suas atribuições de forma qualificada e estritamente técnica", destacou.

A capacitação também visa resguardar a integridade física dos adolescentes privados de liberdade e dos próprios servidores, conforme o gerente estadual da Escola Socioeducação, Jean Monteiro. "Nós preparamos os servidores para melhor desempenhar suas funções, de forma a resguardar a integridade física dos adolescentes privados de liberdade e dos próprios servidores”, pontuou.

Serão ministradas aulas de defesa pessoal e imobilizações, táticas operacionais, técnicas menos letais, habilitação em taser, arma de incapacitação neuromuscular, uso de bastão, além de haver também uma aula sobre a atribuição do operador especializado. 

As atribuições do curso são dadas de acordo com os princípios e diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), na Constituição Federal de 1988, Art. 6°, 227, no Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e no respeito aos Direitos Humanos.

*Sob a supervisão de Fabiana Mendes 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros