Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Mato Grosso Segunda-feira, 10 de Abril de 2023, 08:41 - A | A

Segunda-feira, 10 de Abril de 2023, 08h:41 - A | A

Operação Amazônia fiscaliza desmatamento ilegal com alertas de satélites de alta resolução

Sema-MT envia equipes ao local preciso onde ocorre o crime para flagrar infratores em tempo real

Da Redação

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) utiliza a tecnologia a favor do meio ambiente, com o monitoramento de todo o território estadual por satélites de alta resolução. Com alertas de desmatamento ilegal, equipes da Operação Amazônia fiscalizam, em tempo real, pontos onde está ocorrendo o crime ambiental.

Nos primeiros três meses do ano já foram atendidos 1.055 alertas de desmatamento, sendo em torno de 70% de modo presencial, com fiscalização in loco, e 30% por autuação remota. O trabalho estratégico de identificar os locais de Mato Grosso que devem receber equipes em campo é realizado pela Gerência de Planejamento de Fiscalização e Combate ao Desmatamento (GPFCD).

O setor identifica o início do desmate ilegal, notifica o proprietário para que pare imediatamente, e caso a retirada de vegetação avance, a fiscalização entra em campo. Criada em 2019 pela Sema, a Gerência  planeja as operações para otimizar os recursos e frear o desmatamento ainda no início

"É importante que o infrator saiba que a Sema monitora todo o território estadual com tecnologia de ponta, e que o desmatamento ilegal não ficará impune. A política de Mato Grosso é de tolerância zero contra quem insistir em realizar o desmate ilegal", destaca a secretária. 

Conforme a gerente de Planejamento e Fiscalização, Graziele Gusmão, a plataforma e a metodologia de trabalho foram aprimoradas nos últimos anos, de acordo com as experiências exitosas da equipe. O objetivo é sempre chegar o mais rápido possível no local e impedir o aumento da área desmatamda. 

"A Gerência faz o tratamento dos alertas, o que permite que a gente esteja sempre monitorando o que está acontecendo no estado, para fazer o flagrante do infrator. Esse é o grande diferencial que faz com que as operações tenham maior eficência no combate ao desmatamento ilegal", afirma. 

A Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal do Estado de Mato Grosso permite detectar desmates a partir de um hectare, e acompanhar a alteração da cobertura vegetal de forma rápida e precisa. Com imagens de satélite Planet, a plataforma também disponibiliza a versão pública dos alertas. A ferramenta foi financiada com recursos internacionais do Programa REM MT. 

Operação Amazônia

Mato Grosso iniciou a Operação Amazônia, contra crimes ambientais, e mobilizou todas as estruturas estaduais e de parceiros institucionais contra o desmatamento ilegal, e outros crimes ambientais. Foram colocados em campo cerca de 200 servidores com o objetivo de reduzir os índices de desmatamento ilegal.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros