Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Mundo Segunda-feira, 24 de Abril de 2023, 12:38 - A | A

Segunda-feira, 24 de Abril de 2023, 12h:38 - A | A

Itamaraty confirma que 21 brasileiros estão no Sudão, em meio a conflitos

O Itamaraty, órgão responsável pela relação do Brasil com outros países, divulgou uma nota nesta sexta-feira (21) para falar sobre a situação dos brasileiros presentes no Sudão, que passa por confrontos intensos desde o dia 15 deste mês.

No comunicado, o Itamaraty garantiu que o governo está monitorando a situação de violência no Sudão, além de reforçar sua posição de apoio ao cessar-fogo e garantir que está em contato com os 21 brasileiros presentes no país em guerra, e com seus familiares no Brasil. 

O órgão também afirmou que toda assistência possível está sendo prestada aos envolvidos, e que o governo brasileiro está se comunicando com outros países que também têm cidadãos em território sudanês. "Ações coordenadas de retirada serão implementadas tão logo as condições de segurança permitam", concluem.

Os combates já deixaram mais de 400 mortos e cerca de 3.500 feridos, acabando com as esperanças da população em ver uma transição pacífica de governo, depois que o ex presidente Omar al-Bashir foi deposto em golpe militar pois dois generais.

Abdel Fattah al-Burhan, líder militar do Sudão, e o comandante da RSF (em inglês), Forças de Apoio Rápido paramilitares, Mohamed Hamdan Dagalo, eram aliados até então, mas agora que seu objetivo em comum foi concluído, ambos competem entre si pelo poder sudanês.

 

 

Fonte: R7

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros