Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Mundo Segunda-feira, 26 de Junho de 2023, 08:31 - A | A

Segunda-feira, 26 de Junho de 2023, 08h:31 - A | A

Rússia reforça segurança em resposta à rebelião do Grupo Wagner

O prefeito de Moscou, Serguei Sobyanin, anunciou neste sábado (24) que "medidas antiterroristas" foram adotadas na capital após o líder do grupo paramilitar Wagner se rebelar contra o comando militar russo.

Enquanto isso, autoridades dos oblasts (estados federais) de Rostov e Lipetsk também anunciaram medidas adicionais de segurança.

Vídeos que circulam na internet na Rússia mostram homens armados cercando prédios administrativos na cidade de Rostov, no sul do país, com tanques mobilizados no centro. O líder do grupo Wagner, Yevgueni Prigozhin, afirmou anteriormente que suas tropas haviam ingressado no território russo pelo oblast de Rostov. 

"Em relação às informações que chegam de Moscou, medidas antiterroristas estão sendo tomadas para fortalecer a segurança", declarou o prefeito de Moscou nas redes sociais.

Por sua vez, o governador de Lipetsk, Igor Artamonov, afirmou estar reunido com membros do serviço de segurança (FSB), que abriu uma investigação sobre os chamados de Prigozhin para uma "rebelião armada".

Prigozhin acusou Moscou, nesta sexta-feira (23), de atacar suas forças com mísseis e prometeu responder. Ele instou os russos a se unirem às suas forças para punir o comando militar, no desafio mais ousado do presidente Vladimir Putin desde o início da ofensiva na Ucrânia, em fevereiro do ano passado.

 

 

Fonte: R7

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros