Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 09 de Agosto de 2023, 19:25 - A | A

Quarta-feira, 09 de Agosto de 2023, 19h:25 - A | A

Testemunha gravou

Abordagem policial que resultou na morte de um homem em Cotriguaçu será apurado, diz comandante da PM em Juína

Thiago Graciote Moraes, morreu durante abordagem policial no fim de semana

Juína News

Após a repercussão nacional do episódio ocorrido no último final de semana na cidade de Cotriguaçu – MT, em que um homem de 29 anos de idade, morreu durante uma abordagem da Polícia Militar, o Tenente Coronel Elvis, comandante do Comando Regional VIII, concedeu entrevista na tarde de hoje para falar sobre o caso e quais providências serão tomadas.

Relembre: Vídeo contradiz versão da PM sobre abordagem que resultou na morte de um homem em Cotriguaçu

Elvis disse que toda situação vem sendo acompanhada pelo Comando Regional, a fim de resguardar a ordem e apuração dos fatos, resguardando o direito da ampla defesa ao policial que está sendo acusado, e mediante os fatos, foram abertos dois inquéritos, um de competência da Polícia Militar e outro pela Polícia Judiciária Civil, onde a promotoria de justiça também acompanha as investigações.

O comandante explica que a justiça deverá ser feita através dos órgãos competentes, sem insinuações de fatos distorcidos, e uma reunião foi realizada na câmara municipal da cidade de Cotriguaçu com autoridades políticas, familiares da vítima e demais autoridades, a fim de esclarece quais as providências serão tomadas, e disse que não entrou no mérito da apuração da abordagem devido o inquérito ser encaminhado aos órgãos competentes que tem poder para julgar o caso, sempre com acompanhamento do ministério público.

Segundo o comandante, o policial foi afastado das funções e transferido do município, e afirmou que as investigações não podem ser embasadas através de cenas gravadas por celulares, sendo necessário uma contextualização dos fatos até que se possa chegar à conclusão final.

Tenente Coronel Elvis, disse que a ocorrência era de pequena complexidade, onde a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de som alto, e no decorrer dos fatos se depararam com um grupo de pessoas e uma briga generalizada que terminou em uma fatalidade, onde supostamente o policial pode ter ultrapassado algumas doutrinas que regulam os procedimentos padrões, porém, o erro será analisado a favor de quem lhe for de direito, pois muitas vezes os policiais militares tentam solucionar os casos sempre visando o bem da sociedade.

Todas as testemunhas dos fatos já foram ouvidas pela Polícia Judiciária Civil, a fim de corroborar com as investigações.  

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros