Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 29 de Novembro de 2023, 16:22 - A | A

Quarta-feira, 29 de Novembro de 2023, 16h:22 - A | A

CHACINA DE SORRISO

Delegado afirma que objetivo de criminoso era estuprar mãe

Delegado responsável pela investigação da chacina de Sorriso, Bruno Alves, afirmou que a Polícia Civil já elucidou toda dinâmica do assassino que matou e estuprou a mãe e suas três filhas na madrugada do último sábado (25). A investigação comprova que a versão dada por Gilberto Rodrigues, 32, é mentira.

Em conversa com a reportagem, Alves afirma que, apesar de Gilberto Rodrigues ter afirmado que entrou na residência com o objetivo de roubar, a real intenção do criminoso era estuprar Cleci Calvi Cardoso, 46.

“Ele entrou para estuprá-la, porém, ela resistiu e ele acabou a degolando. Nisso, a filha mais velha ouviu o barulho e foi tentar ajudar a mãe, e também acabou sendo degolada. Como as coisas saíram do controle, ele acabou também degolando a menor de 13 anos que também foi abusada”, explicou em conversa com a reportagem.

Reincidente por estupro, ele chegou a detalhar que cometeu os abusos no momento em que as vítimas se contorciam e agonizavam feridas. A investigação mostra o quão frio e calculista Gilberto foi. Em seu depoimento, ele mentiu ao negar penetração, conduta a ser comprovada no laudo a ser concluído nos próximos dias.

“Estamos aguardando o laudo oficial, mas em conversa com os peritos, já foi comprovado que ele estuprou as 3. Houve conjunção carnal, o que confronta o seu depoimento”, pontou o delegado.

O caso 

Cleci Calvi Cardoso, 46, e suas filhas Miliane Calvi Cardoso, 19, Manuela Calvi Cardoso, 13, e Melissa Calvi Cardoso,10, foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (27), no bairro Florais da Mata, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá). As vítimas estavam degoladas e 3 delas nuas.

O pedreiro foi preso horas depois após confessar ter cometido a chacina, ele relatou aos policiais que esfaqueou Cleci Calvi Cardoso, 46, e suas 2 filhas Miliane Calvi Cardoso, 19, Manuela Calvi Cardoso, 13 e, enquanto elas ainda agonizavam, as estuprou. A filha mais nova, Melissa Calvi Cardoso, 10, foi morta asfixiada.

 

 

Fonte: GD

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros