Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Polícia Quarta-feira, 01 de Março de 2023, 13:15 - A | A

Quarta-feira, 01 de Março de 2023, 13h:15 - A | A

crime ambiental

Dono de área é autuado pela Polícia Civil por derrubada ilegal de árvores no município de Cotriguaçu

Além da fiança, o dono da área tem a obrigação de reparar o dano ambiental

Da Redação

Uma ação conjunta de fiscalização ambiental flagrou nesta terça-feira (28.02), no município de Cotriguaçu, na região noroeste do estado, uma área desmatada sem autorização legal, com uso de motosserra e derrubada de árvores. O proprietário foi autuado em flagrante pela Polícia Civil e teve fiança arbitrada pelo Ministério Público, no valor de 10 salários-mínimos, além da obrigação de reparar o dano ambiental.

Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente atestaram que a área não tem autorização para atividades extrativistas.

A Sema, com apoio da Polícia Militar, estava realizando fiscalização na região de Cotriguaçu, quando na Estrada da Balsa, as equipes ouviram o barulho de uma motosserra em funcionamento e a retirada de lascas de cerca em uma árvore derrubada.

O fiscal da Sema informou a quem fazia a derrubada que a área não possui autorização ambiental para atividades extrativistas, porém, a pessoa declarou que estava fazendo diárias para o proprietário da fazenda.

A.M.N. se apresentou como proprietário da área vizinha e informou que seria o responsável pela extração da madeira. A Sema apreendeu a motosserra e o dono da área foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Cotriguaçu, onde foi autuada em flagrante por crime ambiental.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros