Mais um criminoso responsável pelo ataque ao município de Confresa (MT) morreu na madrugada desta quinta-feira (27.04) em confronto com a Força Tática de Mato Grosso. Com ele, mais uma arma de fogo foi apreendida. 
 

O confronto aconteceu no Estado do Tocantins, para onde a quadrilha fugiu após o ataque, ocorrido na tarde do dia 9 de abril. A Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) atuam para a identificação do criminoso.

As Forças de Segurança de Mato Grosso seguem na região, com apoio de agentes do Tocantins, Pará, Goiás e Minas Gerais. Ao todo, 350 policiais atuam para localizar e prender os criminosos. 
 

“Já ressaltamos que o Governo de Mato Grosso tem tolerância zero com criminosos e seguimos empenhados na busca e prisão dos responsáveis pelo ataque a Confresa. Não vamos descansar até que todos sejam localizados”, afirma o secretário de Segurança Pública, coronel César Roveri.

Até o momento, oito criminosos morreram em confronto com as polícias e dois foram presos. Também foram apreendidas oito armas, dentre elas dois fuzis .50 e quatro AK-47, carregadores, milhares de munições, coletes balísticos, capacetes balísticos, materiais explosivos e detonadores, além de coturnos, luvas, joelheiras, cotoveleiras, balaclavas e mochilas.