Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Polícia Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2023, 08:56 - A | A

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2023, 08h:56 - A | A

NA PORTA DE MERCEARIA

Menor é assassinado após postar foto fazendo sinal de facção com os dedos

Pedro Henrique Zarzenon Moraleco, 17, foi assassinado com um tiro no rosto, na porta de uma mercearia do Jardim Universitário, em Cáceres (225 km ao oeste de Cuiabá).  Vítima tentou correr, mas foi baleada e morreu na porta do comércio. Segundo a polícia, ele foi morto após fazer sinais de uma facção criminosa em fotos publicadas nas redes sociais.

Conforme informações apuradas pelo reportagem, passava das 21h30 quando a equipe policial foi acionada para uma ocorrência envolvendo disparo de arma de fogo.

Quando chegaram, encontraram o Corpo de Bombeiros, que confirmou a morte de Pedro ainda no local com uma perfuração de tiro no rosto. Testemunhas informaram que os autores do crime estavam em uma motocicleta de cor vermelha.

Eles abordaram a vítima na saída da mercearia. Pedro tentou correr para se abrigar no comércio, mas acabou atingido e caiu na porta. Cena do crime foi isolada para os trabalhos da Polícia Civil e Perícia Oficial (Politec).

De forma preliminar, a Polícia Militar informou que o jovem vinha sofrendo ameaças de uma facção criminosa atuante na cidade. Jovem postou fotos nas redes sociais fazendo sinais de outra facção, despertando a ira dos suspeitos.

Até o final da noite, os autores do crime não foram identificados. Caso segue sob investigação. 

 

 

Fonte: GAZETA DIGITAL/ Yuri Ramires
 
 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros