Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 03 de Maio de 2023, 08:32 - A | A

Quarta-feira, 03 de Maio de 2023, 08h:32 - A | A

Polícia Civil E Gaeco

Operação Cognato prende familiares de líderes de organização criminosa e apreende armas, munições e R$ 12 mil

Das 38 prisões preventivas expedidas pelo Núcleo de Inquérito Policiais (NIPO), 30 foram cumpridas pelas equipes policiais nesta terça-feira

Da Redação

Familiares de dois líderes de uma organização criminosa envolvida com tráfico, roubo e lavagem de dinheiro na fronteira de Mato Grosso estão entre os presos nesta terça-feira (02.05) na Operação Cognato. Deflagrada pela Polícia Civil e Gaeco (Regional Cáceres), a operação tem o objetivo de desarticular um esquema criminoso fomentado em Cáceres e com ramificações em outras cidades de Mato Grosso em crimes como tráfico de entorpecentes, roubo e lavagem de dinheiro.

Das 38 prisões preventivas expedidas pelo Núcleo de Inquérito Policiais (NIPO), 30 foram cumpridas pelas equipes policiais, além de 43 mandados de buscas e 18 bloqueios de bens e valores. Foram apreendidas seis armas de fogo; 310 munições, 500 gramas de pasta base de cocaína, R$ 12 mil reais e oito cestas básicas.


De acordo com a titular da Delegacia Especial de Fronteira, Bruna Caroline Laet, os delitos na região eram liderados por dois investigados, um deles, preso desde 2021, comandava de dentro da Penitenciária Central do Estado a ação dos integrantes do grupo criminoso. A esposa, irmão e dois cunhados desse preso tiveram as prisões decretadas.

Já o outro líder da organização criminosa, preso desde novembro do ano passado, controlava o tráfico de drogas em Cáceres, Nova Maringá, Porto dos Gaúchos e Nova Lacerda, e parte da família também foi alvo da operação. Foram presos esposa, mãe e irmão.

As ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de Cáceres, Rio Branco, Salto do Céu, Várzea Grande, Cuiabá, Tangará da Serra, Sinop, Lucas do Rio Verde, Porto dos Gaúchos, Nova Maringá e Água Boa.

Participaram da operação as delegacias das Regionais da Polícia Civil de Pontes e Lacerda, Cáceres, Tangará da Serra, Nova Mutum, Juína, Várzea Grande, Cuiabá e Sinop; das unidades da Diretoria de Atividades Especiais, além de equipes do Gaeco, Polícia Militar e Canil Integrado de Fronteira.

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros