Juína/MT, 23 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

23 de Julho de 2024


Polícia Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09:13 - A | A

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09h:13 - A | A

REFORÇO NA SEGURANÇA

“Os 313 novos policiais civis estão sendo equipados com a Glock nova, uniformes e tecnologia de ponta”, afirma governador

Após cinco meses de formação, novo efetivo de investigadores, escrivães e delegados da Polícia Judiciária Civil será colocado à disposição da sociedade

Juína News com Assessoria

Durante a solenidade de formatura de 313 novos investigadores, escrivães e delegados da Polícia Judiciária Civil (PJC) de Mato Grosso, nesta segunda-feira (11.12), o governador Mauro Mendes enfatizou que o efetivo inicia os trabalhos já com a arma mais moderna do mundo, a pistola Glock, além de uniformes, estrutura e equipamentos de ponta.

O novo efetivo concluiu cinco meses de aulas ministradas pela Academia de Polícia Civil (Acadepol). A cerimônia ocorreu no Teatro Zulmira Canavarros, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), e celebrou a formação de 177 novos investigadores, além de 119 escrivães e 17 delegados.

“Hoje, a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso recebe o maior orçamento entre todas as secretarias estaduais. Os 313 novos policiais civis que tomam posse, estão sendo equipados com a Glock, que é a arma mais moderna do mundo, além de equipamentos, uniformes, coletes e tecnologia que poucos estados brasileiros possuem”, afirmou o governador.

Mauro também relembrou o contexto vivido pelos servidores da Segurança Pública antes de 2019, e destacou os avanços realizados recentemente na área.

“Há pouco tempo atrás, até 2018, as nossas forças de segurança conheceram uma dura e triste realidade. Viram o salário atrasar, o 13º atrasar, as viaturas paradas por falta de combustível e a sociedade chegar à iminência do caos. Graças aos nossos esforços em reduzir a burocracia e de atingir o equilíbrio fiscal, conseguimos mudar essa realidade a partir de 2019. E hoje estamos aqui nomeando mais 313 funcionários da segurança para colocar à disposição do bem-estar da sociedade”, disse.

O governador parabenizou os formandos pela conquista, diante de 333 mil concorrentes inscritos no concurso público, e reafirmou seu compromisso com as forças de segurança.

“Todos os dias nós pensamos em mecanismos para que possamos cumprir nosso papel como gestores públicos. Iremos trabalhar para garantir a vocês as melhores condições para desempenhar a importante missão de garantir um estado mais seguro para nossos pais, filhos e familiares”, finalizou.

Os recém-formados vão atuar na recomposição do efetivo em 13 regionais da PJC em Mato Grosso: Água Boa, Alto Araguaia, Barra do Garças, Cáceres, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Sinop, Rondonópolis, Primavera do Leste, Confresa, Alta Floresta, Juína e Tangará da Serra.

Participaram da solenidade de formatura: o secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), César Augusto Roveri; a delegada-geral da Polícia Civil, Daniela Maidel; o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho; além de demais autoridades e secretários adjuntos da Sesp.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros