Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Polícia Sexta-feira, 22 de Setembro de 2023, 10:29 - A | A

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2023, 10h:29 - A | A

PM prende dois homens e apreende adolescente suspeitos de invadirem casa e assassinar jovem em Tangará da Serra

Militares foram acionados após homicídio e conseguiram capturar suspeitos momentos depois do crime

Juína News com Assessoria

Policiais militares prenderem em flagrante, na noite desta quarta-feira (20.09), dois homens e apreenderam um adolescente suspeitos no homicídio de Ismael Gomes Lima Sturn, de 24 anos, no bairro Jardim Buritis, no município de Tangará da Serra (242 km de Cuiabá). 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, por volta de 21h, a mãe da vítima relatou que estava deitada no quarto e que Ismael estava na sala, mexendo no notebook e que em determinado momento ouviu disparos de arma de fogo. 

A mulher contou que o filho correu para outro quarto e caiu no banheiro. Ela viu dois homens na casa e que, depois, fugiram em uma motocicleta NXR Bros vermelha e branca. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou a morte de Ismael.

Os policiais militares da Força Tática e do Raio saíram em buscas dos suspeitos.

As equipes receberam informações de que um dos suspeitos residia no bairro Jardim Bela Vista. Após ser localizado, o homem confessou participação no crime e afirmou que apenas pilotou a motocicleta. 

Aos militares, ele afirmou que havia pego a moto emprestada e, em seguida, confessou a localização dos demais suspeitos e o endereço em que a moto estava escondida. 

Em novas buscas, as equipes conseguiram localizar a dupla, apreenderam a motocicleta e encaminharam o trio à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências cabíveis. 

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros