Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019, 14:00 - A | A

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019, 14h:00 - A | A

PP

Polícia Civil cumpre prisão de mulher que ateou fogo em homem em Juína

Juína News

Apontada como autora do homicídio que vitimou, Oséias Vicente, de 60 anos, a suspeita, Josiane Lima dos Santos, vulgo "Aninha" teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (20.09), no município de Juína.

Aninha teve a ordem de prisão decretada pela 3ª Vara Criminal de Cível da Comarca de Juína com base em investigações da Polícia Civil, coordenadas pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi. A suspeita foi localizada em uma residência no bairro São José Operário.

 
O inquérito da morte de Oséias Vicente, 60 anos, foi concluído na semana passada. A vítima teve o corpo localizado no dia 5 de junho, nas proximidades do terminal rodoviário da cidade, com queimaduras de terceiro grau que atingiram toráx e cabeça. Ele morreu no dia 14 de junho após passar nove dias internado na UTI do Hospital da cidade.
 
Josiane foi identificada nas investigações que indicaram um desentendimento ocorrido entre a vítima e a suspeita. Após o fato, ela pegou uma garrafa com combustível e jogou na vítima, ateando fogo logo em seguida. Testemunhas presenciaram a briga entre os dois.
 
Ela confessou a autoria do crime. A mulher alegou que anteriormente a vítima tinha tentado contra sua vida, também usando fogo, após uma discussão.
 
A suspeita tem várias passagens por crimes de roubos, tráfico  de drogas e homicídios. Ela foi indiciada por homicídio qualificado. 
 
Versão de Aninha
 
A suspeita Josiane Lima dos Santos falou ao Juína News e apresentou sua versão dos fatos, onde alegou que na noite do ocorrido teve uma discussão coma vítima, sendo que o mesmo já vinha lhe fazendo ameaças a muito tempo, e que agiu em legítima defesa, onde segundo palavras da mesma se arrepende do crime, porém se declarou usuária de drogas, e o crime foi motivado devido ao fato da vítima querer pegar a droga que estava em poder dela, e a ameaçava constantemente.  
 
Josiane Lima dos Santos foi presa e se encontra na delegacia municipal de Juína, onde deverá seguir para um presidio feminino do estado.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros