Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Polícia Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 11:56 - A | A

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 11h:56 - A | A

Grupo Criminoso

Saiba quem foi o empresário preso pela Polícia Federal em Juína

Policiais estiveram na casa do suspeito nas primeiras horas da manhã de hoje no Módulo - 5

Juína News

A manhã desta segunda-feira, 17, foi atípica em relação ao “modus operandis” das ações policiais em Juína, MT, onde tem sido comum o registro de operações da Polícia Civil e da Polícia Militar, de combate à criminalidade. Desta vez a cidade foi uma das três do Estado – as outras são Cuiabá e Cáceres - alvo de operação deflagrada pela Policia Federal, tendo como alvo um grupo criminoso especializado na aquisição e transporte por caminhões de grandes quantidades de cocaína para o sul e sudeste do país.

Nas redes sociais de imediato a curiosidade foi aguçada, com todos querendo saber que pessoas são alvo dos mandados de busca e apreensões e prisões preventivas da operação, expedidas pela 5ª Vara Criminal de Rondonópolis.

Leia aqui: Polícia Federal deflagra operação em Juína, Cáceres e Cuiabá

O portal de jornalismo do Juína News apurou que no caso de Juína, a operação alcançou o empresário Jesuel Nunes da Silva, de 47 anos, que seria proprietário da JNS Transportes e Locações, fundada em 13 de setembro de 2017, ele é morador do bairro Módulo – 05. Os policiais estiveram logo nas primeiras horas da manhã de hoje para o cumprimento de mandado de busca e aprensão, e de prisão. Logo após a ação dos policiais, o suspeito foi encaminhado para o CDP, em Juína.

Conforme a PF, as investigações que chegaram a Jesuel e outros envolvidos, tiveram início com uma prisão em flagrante pela delegacia de Polícia Federal de Rondonópolis, em setembro do ano passado, quando foram apreendidos 507 kg de cocaína em carga de milho O aprofundamento das apurações identificou grupo que faz tráfico interestadual de drogas.

Durante o cumprimento dos mandados de busca foram apreendidas três armas de fogo e diversas munições, que serão objeto de dois autos de prisão em flagrante nas cidades de Cáceres e Cuiabá. Além disso, foram apreendidos: três pick-ups (sendo duas Toyota Hilux), uma Volkswagen Taos e um Hynday HB20.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Outro caso

Em menos de um mês é o segundo caso de grande repercussão envolvendo o transporte de drogas com projeção do nome de Juína. No dia 26 de maio, o motorista Diego Russo Castilho, morador do bairro Padre Duílio, foi preso em operação da Polícia Civil na rodovia Euclides da Cunha, em Rubineia, São Paulo.

O caminhão que dirigia transportava 450 tijolos de cocaína, que pertencia a uma organização criminosa que atua no fornecimento e distribuição de cocaína comercializada no centro de São Paulo, especificamente nas chamadas regiões abertas de uso, como a Cracolândia.

VÍDEO

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros