Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Polícia Segunda-feira, 09 de Outubro de 2023, 09:22 - A | A

Segunda-feira, 09 de Outubro de 2023, 09h:22 - A | A

MEIO AMBIENTE

Sema-MT capacita servidores sobre classificação de espécies botânicas do Cerrado

Curso aprimora conhecimentos técnicos relativos à identificação botânica do bioma

Juína News com Assessoria

Servidores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) participaram de curso de Capacitação em Identificação Botânica, com o objetivo de ampliar técnicas de reconhecimento e classificação de espécies do Cerrado. Concluído neste sábado (07.10), o treinamento incluiu aulas teóricas e práticas e teve como foco o fortalecimento das ações da Gerência de Tipologia Vegetal da Secretaria.

Também participaram do curso, apoiado pelo programa REM MT, servidores da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT).

Durante as aulas teóricas, os participantes atualizaram conhecimentos sobre a morfologia das plantas, frutos e sementes. A professora da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) Mara Silvia Aguiar Abdo repassou informações sobre a morfologia das plantas, desde a raiz até os frutos. Segundo ela, o objetivo também foi colaborar para a identificação da flora mato-grossense.

Já a parte prática do curso ocorreu na Estação Ecológica Serra das Araras, Unidade de Conservação (UCs) federal localizada entre os municípios de Porto Estrela e Cáceres, onde os servidores realizaram em campo a identificação botânica de espécies, técnicas de coleta e herborização, entre outras atividades.

Conforme o servidor da Sema-MT Antonio Miguel, aperfeiçoar conhecimentos sobre tipologia vegetal em Mato Grosso é fundamental para definir os percentuais de reserva legal e de exploração permitidos aos produtores rurais durante a aprovação do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

“A identificação é importante porque é o que vai definir, entre outros fatores, as características dessa área. Com base nisso, temos espécies que são indicadores de Cerrado, de Floresta e das áreas de transição”, disse.

Para atender a essa necessidade, o analista ambiental da Sema-MT Daniel Marsaro explica que os produtores interessados em precisar os dados sobre suas áreas podem solicitar uma atualização por meio de um projeto técnico à Sema-MT.

“O produtor pode, através de um projeto técnico, solicitar a reclassificação de sua área. O curso é importante justamente por esse motivo, para padronizar o conhecimento entre os técnicos para que todos possam fazer o trabalho da melhor forma possível”, destacou.

*Orientação de texto de Nayara Takahara Sema-MT 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros