Juína/MT, 14 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Junho de 2024


Polícia Quarta-feira, 20 de Setembro de 2023, 16:38 - A | A

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2023, 16h:38 - A | A

Menina estava desaparecida

Tio que estuprou e matou a sobrinha de 9 anos em Terra Nova do Norte é preso pela Polícia Civil

Investigado buscou a vítima durante a madrugada e alegou estar sob efeito de drogas no momento do crime

Juína News com Assessoria

Um homem apontado como autor de crime de estupro de vulnerável, homicídio, ocultação de cadáver, praticado contra a sobrinha de apenas 9 anos de idade foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (20.09), em Terra Nova do Norte (675 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito de 29 anos confessou que matou a sobrinha com golpes de enxada e alegou que estava sob efeito de drogas no momento do crime.

As investigações começaram no início da manhã após os policiais da Delegacia de Terra Nova do Norte receberem informações sobre o desaparecimento da menina. Durante as diligências, os policiais descobriram que o tio da vítima tinha um contato próximo com a menor e durante a madrugada, por volta de 01 hora, foi à casa da família e buscou a sobrinha para levar para o sítio onde trabalhava.

Imagens de câmeras de segurança mostram o suspeito e a vítima juntos em uma motocicleta durante a madrugada. Com base no apurado, o suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia de Terra Nova do Norte, onde foi interrogado pelo delegado José Getúlio Daniel e por volta das 14 horas decidiu confessar o crime.

O suspeito deu detalhes dos fatos, dizendo que abusou sexualmente da menor e posteriormente utilizou uma enxada para tirar a vida da vítima. Ele ainda alegou que estava sob efeito de drogas e revelou o local em que escondeu o corpo da vítima, do outro lado do Rio Batistão.

Os policiais realizaram diligências até o local indiciado pelo suspeito, onde confirmaram a veracidade dos fatos, localizando o corpo da vítima, sendo requisitado exame de corpo de delito para confirmar se houve a conjunção carnal.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros