Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Polícia Quinta-feira, 02 de Março de 2023, 15:44 - A | A

Quinta-feira, 02 de Março de 2023, 15h:44 - A | A

4º Batalhão

Trio suspeito de se passar por tenente da Polícia Militar é preso por estelionato em agência bancária em Várzea Grande

Vítima relatou que soube de um empréstimo em seu nome na terça-feira e comunicou o crime ao banco

Da Redação

Policiais militares do 4º Batalhão prenderam, na manhã desta quarta-feira (01º.03), três homens por formação de quadrilha, estelionato e uso ilícito de entorpecentes, na região central de Várzea Grande. 

Por volta das 11 horas, as equipes foram acionados para atender uma ocorrência de estelionato em uma agência bancária localizada na Avenida Couto Magalhães. Os suspeitos teriam tentado retirar uma quantia de dinheiro utilizando o documento de um tenente da Polícia Militar.

Chegando no local, os militares identificaram um dos suspeitos, na companhia da gerente, tentando abrir uma conta, momento em que foi abordado. 

Durante a diligência, o suspeito recebeu uma ligação de um outro integrante da quadrilha. Após a chamada, equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos, vinculada à Polícia Judiciária Civil, identificaram um segundo suspeito, que foi detido na Rua 24 de Outubro, próxima a região.  

Ainda no banco, o homem afirmou que havia um terceiro suspeito em um veículo Logan, branco, aguardando-o enquanto fazia as operações na agência bancária. Com ele, os militares encontraram uma porção de substância análogas à maconha. 

Em contato com a vítima, ela relatou que, nesta terça-feira (28.02), soube de um empréstimo em seu nome, e que já informou ao banco sobre o golpe. 

Com os suspeitos foram apreendidos um documento adulterado em nome da vítima, um comprovante de declaração de imposto de renda e R$ 770 em espécie. O trio foi encaminhado à delegacia para registro do boletim de ocorrência. 

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros