Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Saúde Quarta-feira, 11 de Outubro de 2023, 09:04 - A | A

Quarta-feira, 11 de Outubro de 2023, 09h:04 - A | A

Relatam que não receberam

Profissionais da enfermagem reclamam sobre piso salarial; veja o que diz a prefeitura de Juína

Alguns disseram que ainda não receberam o retroativo, já outros dizem que não receberam salário cheio

Juína News

Profissionais da enfermagem procuraram o portal de jornalismo do Juína News para reclamar que não estão recebendo o retroativo do piso salarial, e os que receberam o retroativo, não receberam a atualização na folha do mês seguinte, e pedir que fossemos buscado uma resposta objetiva junto ao órgão responsável que é a prefeitura municipal de Juína, dentre outros questionamentos, como desconto exorbitante da folha salarial, possível retaliações e demissões.

Em busca de uma explicação, o Juína News conversou com o contador da prefeitura municipal, Natanael Tomasini, onde este explicou vários pontos e questionamento, afirmando que o piso já é um direito adquirido, e que no ano passado houveram algumas negociações junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), onde o governo federal determinou através de uma portaria, um repasse complementar que não era suficiente para cumprir com o pagamento do piso, sendo necessário que os profissionais fossem cadastrados no sistema INVESTSUS, porém, mesmo com essa medida tomada, os recursos para cumprir o piso aos profissionais de Juína, continuando defasado o pagamento do retroativo aos profissionais.

Segundo Natanael, o Ministério da Saúde, realizou um cadastro com a secretaria municipal de saúde de todos os profissionais, informando o valor que cada um tinha direito a receber, porém, segundo o contador, ao ser feita uma análise constatou-se que havia uma inconsistência na folha de pagamento, porém, o município decidiu adiantar tanto para os profissionais do município, quanto para os colaboradores do Instituto Social De Saúde, que faz a gestão do Hospital Municipal “ Dr. Hideo Sakuno” e também de outros departamentos ligados a saúde.

O contador disse que vários profissionais que se sentiram lesados, já procuraram informações junto a prefeitura municipal a fim de sanar as dúvidas que são muitas até o momento, e foram atendidos e informados sobre os eventuais impasses e inconsistências que vem ocorrendo com vários profissionais da saúde.

Referente aos profissionais que receberam o retroativo e no salário do mês seguinte a diferença veio abaixo do que seria a reposição do piso salarial, Natanael ressaltou que a verba de pagamento remuneratório faz parte do subsídio, o que leva a gerar descontos maiores no recolhimento da previdência social e também do pagamento de imposto de rendas, e sugeriu que os profissionais que se sentirem prejudicados que procurem o RH da secretaria municipal de saúde ou até mesmo a prefeitura, que analisará cada caso de forma individual, explicou o contador, que falou ainda sobre as regras estabelecidas dos descontos previdenciários, para que na hora do profissional chegar na idade da aposentadoria, a tabela esteja atualizada de acordo com os últimos salários recebidos.

Natanael Tomasini descartou os boatos de que os profissionais da enfermagem que fizeram várias manifestações, não estão sendo vítimas de perseguição pelo poder público municipal, e caso algum profissional se sinta perseguido em seu local de trabalho, que denuncie na promotoria pública para que medidas sejam tomadas a fim de coibir este tipo de situação.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

 

Assista toda a entrevista:

VÍDEO

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros