Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Saúde Terça-feira, 07 de Novembro de 2023, 09:18 - A | A

Terça-feira, 07 de Novembro de 2023, 09h:18 - A | A

Concorra a prêmios

Vacinar é legal: Com apoio da ASCOM/CDL, campanha de multivacinação em Juína vai sortear prêmios a população

Assessoria CDL Juína

Embora as vacinas sejam aplicadas gratuitamente nos postos de saúde da rede pública, a imunização infantil vem caindo de forma vertiginosa no Brasil e hoje se encontra nos níveis mais baixos dos últimos 30 anos.

Procure um posto de saúde até o dia 30/11, quem completar a vacinação deve retirar o cupom no momento da vacinação e aqueles que já estão com o cartão em dias e não pegaram cupons, podem solicitar no ato da rematrícula escolar ou procurar em um dos pontos de vacinação.

Muitos prêmios serão sorteados gratuitamente as crianças e adolescentes que estiverem devidamente imunizados de acordo com sua idade. Através do chamado das entidades, as empresas realizaram doações que foram convertidas em prêmios. Em breve serão divulgadas as empresas parceiras quem realizaram as doações e apoioaram a causa.

Participação da Ascom/CDL Juína.

Enquanto entidades que representam o comércio de Juína, a Ascom/CDL têm participado ativamente de todas ações que visam beneficiar a população e embarca nesta campanha mais uma vez.

As diretorias das entidades entendem que são anos de estudos e desenvolvimento de vacinas que vem erradicando doenças pelo mundo, onde não podemos correr o risco de abrir brecha para retorno, bem como amenizar os sintomas das virais que anualmente se renovam, promovendo assim o bem-estar sociais.

É de grande preocupação da classe empresarial o bem estar de seus colaborares e familiares. Além da vida saudável ao lado de quem ama, podem assim dedicar aos afazeres laborais sabendo que a família, neste caso os filhos estão protegidos contra doenças como sarampo, caxumba, rubéola, influenzas, paralisia infantil, tétano, hepatite e outras.

Números em Juína.

A Baixa adesão se repete em muitas vacinas, até agora por exemplo, somente 35,47% das crianças com 4 anos foram imunizadas com a Poliomielite Oral. Com a Pentavalente (D3) para crianças de 6 meses a 1 ano, que protege contra Hepatite B, Haemophilus influenzae tipo b (hib), Difteria, Tétano e Coqueluche, a cobertura vacinal é de apenas 58,97%.

Para crianças e adolescentes, entre 9 a 15 anos, somente 51,28% foram imunizadas contra o Papilomavirus, vírus capaz de infectar a pele ou as mucosas e é responsável por grande parte do câncer de colo de útero e vem ganhando preocupação no número de câncer de garganta. Existem mais de 150 tipos diferentes, dos quais 40 podem infectar o trato genital. Destes, 12 são de alto risco e podem provocar câncer. A vacina é capaz de proteger contra os 4 sorotipos mais agressivos do HPV.

Somente 71% das crianças foram imunizadas com a BCG que protege contra as formas graves de tuberculose.

A partir de 2024, a vacinação contra a Covid-19 passará a ser anual para crianças e grupos prioritários, anunciou o Ministério da Saúde.

Procure hoje mesmo o posto de saúde do seu bairro e vacine-se.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros