Juína/MT, 22 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

22 de Junho de 2024


Variedades Quinta-feira, 06 de Julho de 2023, 16:31 - A | A

Quinta-feira, 06 de Julho de 2023, 16h:31 - A | A

Globo é condenada a pagar R$ 9 milhões a ex-apresentador

Jornalista pediu salário referente aos seis anos em que apresentou o Encontro durante as férias e folgas de Fátima Bernardes

O apresentador Lair Rennó saiu vitorioso de uma ação na Justiça contra a Globo, de onde saiu em 2020.

Além de ter o reconhecimento de vínculo empregatício reconhecido, o profissional deve receber R$ 9 milhões em indenizações. A decisão cabe recurso.

O jornalista recorreu à Justiça para pedir o salário referente aos seis anos em que apresentou o Encontro durante as férias e folgas de Fátima Bernardes. 

Segundo informações divulgadas pelo site Na Telinha, do Uol, ele também alega que a Globo sonegou direitos previdenciários ao mudar seu contrato CLT para PJ em 2014.

Ao acolher a reinvindicação de Rennó, o juiz Adriano Marcos Soriano Lopes entendeu que a Globo cometeu fraude.

“A prestação de serviços do apresentador Lair Rennó, como pessoa jurídica em prol da Rede Globo ‘constituiu intuito apenas de fraudar a relação de trabalho por meio da pejotização’ (art. 9º da CLT)”, diz a sentença.

“Ante o exposto, declaro o vínculo de emprego entre a parte autora e a parte ré no período de 01/04/2014 a 31/01/2020, e, consequentemente, reconheço a unicidade contratual no período de 28/07/2003 a 18/04/2020. (…) Por corolário, declaro a nulidade dos contratos de prestação de serviços celebrados entre as partes, por não ter sido observada a realidade fática”.

 

Fonte: Metropoles

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros