Juína/MT, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

21 de Julho de 2024


Juína Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 16:10 - A | A

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 16h:10 - A | A

Metas cumpridas

2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF é realizado em Juína

Juína News

Aconteceu nesta quinta-feira, 13, em Juína, no noroeste de Mato Grosso, o 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, criado para incentivar e reconhecer os avanços na promoção e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios e Estados do país.

O evento foi marcado pela presença de vários gestores municipais dos setores da Saúde, Educação e Assistência Social, representantes da instituição idealizadora do fundo, de outras instituições da sociedade civil e adolescentes do NUCA, inserido como uma das metas em Juína, tendo como responsabilidade a mobilização de crianças e adolescentes pela causa.

Atenta aos indicadores, Karina Ferrari, da Saúde, destacou que o selo “contribui com ações que a própria Secretaria Municipal de Saúde já realiza como obrigatórias”, logo, fortalece o que está sendo feito, dando um peso a mais.

Outro participante, Leandro Honório, presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDA) e adjunto da Secretaria Municipal de Assistência Social, enfatizou a relevância do selo na luta pela diminuição das desigualdades e por fortalecer o sistema de garantias dos direitos das crianças e adolescentes.

No espírito do fundo das Nações Unidas, os participantes ligados a gestão municipal lembraram que há quatro anos o município definiu metas a serem atingidas. Agora ocorre o fechamento deste ciclo, quando se faz uma avaliação. Caso se confirme um resultado positivo, de acordo com os critérios da UNICEF, o município recebe certificação, que é o selo. “Ele é importante, por mostrar que o município se preocupa com o tema da infância”, avalia Leandro.

Andreia Asoi Bertocini de Almeida, articuladora do Selo Unicef em Juína, observou ao Juína News que o mesmo reforça as ações que são desenvolvidas no município e elogiou as ações do NUCA, citando entre elas a aprovação da “lei da escuta protegida”, que evita desgaste do público alvo – crianças e adolescentes – em depoimentos.

Segundo ela, algumas coisas precisam ser trabalhadas, mas existe mobilização no sentido de conseguir atender as demandas. Ressaltou como outro exemplo positivo o trabalho intersetorial desenvolvido pelas três pastas diretamente envolvidas com as ações propostas pelo fundo. “Isto une mais e o resultado é melhor”, concluiu.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Álbum de fotos

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros