Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Juína Sábado, 08 de Julho de 2023, 12:50 - A | A

Sábado, 08 de Julho de 2023, 12h:50 - A | A

Economia

Juara e Juína têm saldo positivo na geração de empregos formais

Só notícias

As empresas em Juara (300 km de Sinop) empregaram 36 funcionários a mais, saldo e 431 contratados e 395 demitidos, em maio, mais recente levantamento divulgado pelo ministério da Economia. O saldo é quatro vezes menor que em abril quando foram 121 admitidos a mais.

No agro, foram 14 empregos a mais, resultado de 152 trabalhadores admitidos e 138 demitidos. No comércio, também foram 14, com 135 que começaram a trabalhar e 121 mandados embora. A construção civil também teve mesmo desempenho, com 14 contratações a mais, tendo sido feitas 37 admissões e 23 demissões. Só Notícias apurou que o setor de serviços foi o único que demitiu mais – 6. Foram 57 demitidos e 51 admitidos.

Em Juína, foram contratadas 20 pessoas a mais, resultado de 455 que foram contratados em empresas e indústrias e 435 dispensados. Em abril, foram 57 admissões a mais.

Quatro segmentos da economia da cidade pólo no Noroeste contrataram mais. O setor de serviços liderou empregando 29 a mais, saldo de 138 contratados e 1009 dispensados. No comércio, 23 funcionários foram admitidos a mais, tendo ocorrido 210 contratações e 187 demissões. Na construção civil o resultado é de 14 a mais – 29 contratações e 15 demissões. Na indústria, houve mais demissões, 10, tendo sido feitas 40 demissões e 30 admissões. Na agropecuária foi uma contratação a mais.

Conforme já noticiado, Colíder registrou o 2º melhor saldo do ano em contratações de funcionários. Guarantã do Norte e Matupá tiveram 4º saldo positivo na geração de empregos formais.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros