Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Lista de Notícias Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017, 00:00 - A | A

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017, 00h:00 - A | A

Homem que matou sogro e baleou a cunhada é preso pela Polícia Civil de Castanheira

Juína News

O autor do homicídio consumado do sogro e tentativa de homicídio contra a cunhada, ocorrido em Castanheira (735 km a Noroeste), teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na quarta-feira (13). O acusado, Rene Valois Araújo, 28, se apresentou na Delegacia de Castanheira, quando já estava com a ordem de prisão preventiva decretada, devido a rápida atuação da Polícia Civil no caso.

O suspeito responderá em inquérito policial pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio, ameaça e cárcere privado. O crime aconteceu na noite de domingo (10), no sítio em que o suspeito morava com a companheira, de 17 anos, a cerca de 70 quilômetros de Castanheira. Os pais e a irmã da adolescente foram até a propriedade após suspeitarem de que a jovem  estava sofrendo agressões físicas do companheiro.

No local, o suspeito utilizando uma arma de fogo (pistola), calibre 22, alvejou o seu sogro, Ademir Julião Siqueira, de 42 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O acusado também efetuou disparos contra a sua cunhada, de 24 anos, que foi socorrida e encaminhada para o Hospital da cidade. Após praticar os crimes, o suspeito fugiu em sua picape Volkswagem Saveiro.

Em buscas na residência, policiais apreenderam uma espingarda calibre 20 municiada, que estava dentro de um guarda-roupa e 94 munições. Em seguida, os investigadores foram até o hospital, onde ouviram as vítimas, sendo a adolescente companheira do acusado, sua mãe e sua irmã.

Com base nos indícios de autoria, imediatamente o delegado Marco Bortollotto Remuzzi representou pelo mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que foi prontamente atendido pelo Poder Judiciário. Com a ordem de prisão expedida, os policiais iniciaram as buscas pelo suspeito, que se apresentou na Delegacia de Castanheira, na quarta-feira (13).

Em interrogatório, o suspeito confessou e deu detalhes do crime, dizendo que tinha raiva do sogro por situações familiares anteriores, a qual foi agravada pelo fato daquele dia ele querer levar a filha embora de casa. O acusado contou que efetuou 9 disparos contra o sogro, e que atirou contra a cunhada quando ela partiu para cima dele, para tentar tomar sua arma.

Segundo o delegado, Marco Remuzzi, a agilidade na atuação da Polícia e do Judiciário foi fundamental para a prisão do suspeito. “Quando compareceu a Delegacia, Rene não sabia que já estava com a ordem de prisão preventiva decretada, fato que foi fundamental para que ficasse detido, uma vez que não estava mais em situação de flagrante”, explicou o delegado.

Procurado pela reportagem do Juína News, Rene não quis gravar entrevista.

Após audiência de custódia, o acusado foi levado ao CDP, em Juína.

 

Comente esta notícia

João 15/12/2017

Triste é o fato da filha ter levado o pai a morte ao se envolver com uma pessoa dessas ainda sendo menor de idade.

positivo
0
negativo
0

João 14/12/2017

Muito triste, infelizmente todos estão sujeitos a perder a cabeça e cometer uma tragédia. Assim é a vida.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros