Juína/MT, 19 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

19 de Junho de 2024


Lista de Notícias Terça-feira, 24 de Abril de 2012, 11:00 - A | A

Terça-feira, 24 de Abril de 2012, 11h:00 - A | A

Farda suja

PM suspeito de matar Soldado Fernando é preso acusado de receptação

Juína News

O Soldado da Polícia Militar Wagner Alves Evangelista, 29, foi detido acusado de cometer crime de receptação em Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá).

Segundo a Polícia Civil, o soldado estaria revendendo peças de motocicletas roubadas na região.

Com o soldado, foram apreendidos uma motocicleta furtada no dia 02 de agosto de 2004, em Goiânia, Goiás, e outras duas motos, que checadas apresentavam restrições administrativas.

Em interrogatório, o soldado disse que está lotado em Cuiabá e negou ter conhecimento sobre a origem ilícita do veículo, mas confirmou que pretendia vendê-la. O policial também disse que estaria passando férias na região.

Conforme o delegado Marcos Leão, há vários indícios que o policial militar estava “negociando” motocicletas furtadas. O delegado informou ainda que as investigações continuam para coleta de outras provas.

O autuado já responde procedimentos criminais em outras cidades, por abandono de posto, homicídio qualificado e falsidade ideológica. O soldado foi encaminhado ao 3° Pelotão de Polícia Militar de Ribeirão Cascalheira e deverá ser removido para o 16º Batalhão em Água Boa. 

Soldado Alves o " Ceará" como era conhecido é acusado  de assassinar a tiros o colega de profissão Soldado PM, Fernando Marcio da Silva, de 27 anos, no dia 17 de novembro de 2010, dentro do quartel da Polícia Militar de Colniza.

Formado na mesma turma do soldado Fernando no ano de 2009 em Juína, o soldado Alves  foi preso através de uma mandado de prisão militar após investigações das polícias civil e militar de Colniza que apontaram como suspeito da execução.

 

Comente esta notícia

indignado 25/04/2012

Já passou o tempo desse sumir da corporação, se fosse um bom policial e tivesse sido preso administrativamente por motivos fúteis já havia sido mandando embora faz anos, agora vagabundo assassino e ladrão continua ai aprontando e se dizendo PM ainda.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros