Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Mato Grosso Quarta-feira, 05 de Julho de 2023, 10:06 - A | A

Quarta-feira, 05 de Julho de 2023, 10h:06 - A | A

Safra 2022/23

Preço da saca de soja disponível em MT cai R$ 40 em um ano

Cotação atual não cobre custos, diz instituto

O valor da oleaginosa fechou, na última semana, a R$ 104,96/saca (em média), queda de 0,80% em relação à semana anterior, pautada principalmente pela grande oferta no mercado. Analisando o comparativo anual, no qual a média da cotação da soja estava em R$ 142,99/saca, a desvalorização no preço foi de 36,24% em relação à semana de 29 de junho do ano passado. A análise é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

“A combinação do recorde na produção de Mato Grosso, dos prêmios negativos, recuo do dólar e pressão da CME-Group, foi o fator que motivou o “derretimento” no valor da oleaginosa no período. Vale ressaltar que o preço praticado atualmente não cobre o custo total da safra 2022/23”, constata o IMEA.

Essa situação “é uma preocupação para alguns produtores que ainda tem parte das despesas em aberto para a temporada. Por fim, o desdobramento da safra dos Estados Unidos continuará influenciando as cotações da soja em Chicago, e o produtor de Mato Grosso deve ficar atento a volatilidade para conseguir os melhores preços”.

 

 

Fonte: Só Notícias

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros