Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Polícia Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2019, 00:00 - A | A

Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2019, 00h:00 - A | A

Delegado arbitra fiança de 7 salários para motorista flagrado dirigindo bêbado na rodovia em Juína

Juína News

Na tarde do último domingo dia 22, a polícia militar realizava rondas na MT 170 próximos ao parque de exposição da cidade de Juína quando foram informados por populares que mais adiante na rodovia havia um Fiat Uno andando em movimentos de zig-zag, entre os municípios de Juína e Castanheira.

Imediatamente a guarnição se dirigiu até o local e se deparou com um carro e o condutor Dorival Pereira, de 53 anos, que estava visivelmente embriagado.

Foi dada ordem para que o mesmo parasse o veículo e que o condutor descesse do mesmo, porém devido ao estado de embriaguez em que o condutor se encontrava, houve dificuldades para sair do carro, onde foi levado para a delegacia municipal e passou pelo teste do etilômetro que acusou um total de 1,31mg/l de alcoolemia no sangue, e dentro do veículo foi encontrada uma garrafa de bebida alcóolica bastante consumida.

Em checagem realizada pelos policiais constatou-se que o condutor não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou permissão para dirigir, bem como o veículo encontra-se com o licenciamento atrasado, sendo tomadas as devidas providencias administrativas conforme previsto no CTB (Código de Transito Brasileiro).

O delegado de polícia civil André Luís Barbosa relatou ao Juína News que o caso causou um certo espanto quando foi realizado o teste do etilômetro, dando um teor alcóolico muito acima do permitido (1,31mg/l), onde o condutor colocou sua vida e também a de outras pessoas que transitavam pela rodovia, e por esse motivo a penalidade aplicada automaticamente é bem maior.

Para o condutor, o delegado André Luiz Barbosa arbitrou fiança de 7 salários mínimos e até o fechamento desta reportagem não havia sido recolhida pelo suspeito.

 

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros