Juína/MT, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

24 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 17 de Novembro de 2023, 12:02 - A | A

Sexta-feira, 17 de Novembro de 2023, 12h:02 - A | A

Vai ficar presa

Mulher invade casa de seu ex-marido faz ameaças e quebra os móveis em Juína

Juína News

No início da madrugada desta sexta-feira, policiais do 20º Batalhão da Policia Militar da cidade de Juína/MT foram acionados por um homem de 35 anos de idade, morador do bairro Módulo 05, que pediu ajuda, após sua ex-mulher invadir sua residência com ameaças e quebrar quase todos seus pertences.

Ao chegar no local, os policiais já visualizaram a suspeita, de 39 anos, que foi até a casa de seu ex-marido embriagada para tirar satisfações, e bastante alterada proferia diversos palavrões de baixo calão, contra o ex-marido, e todo o tempo tentava agredi-lo.

A guarnição interviu e evitou que as agressões continuassem, em seguida o morador chamou os policiais e mostrou o estrago que a mulher havia causado dentro de sua residência, onde vários objetos haviam sido totalmente quebrados e estavam espalhados pelo chão, além de ter causado danos nos vidros dianteiro e traseiro de seu veículo.

À polícia, ele disse que estava em seu quarto, quando ouviu a suspeita gritando e adentrando em sua residência, momento em que este se trancou dentro do quarto e ligou para a polícia pedindo ajuda, e logo após perceber que a mulher saiu de dentro da casa, o rapaz saiu do quarto para evitar que a mesma voltasse para dentro.

A suspeita, Silvana Pereira, relatou que havia terminado o relacionamento com o ex-marido há quatro meses, e que possuía uma medida protetiva contra ele, porém, na madrugada resolveu ir até a residência tirar satisfações com seu ex, e o acusou de ter efetuado disparos de arma de fogo durante a confusão, mas os policiais não encontraram cápsulas no local. O solicitante estava com uma lesão leve em uma das mãos.

Os policiais encontraram na casa uma pistola Taurus .9mm, municiada, porém, a vítima possui o registro da arma, mas não apresentou no momento da ocorrência. Todos os envolvidos foram conduzidos à delegacia municipal de polícia civil.

O delegado responsável pelo caso, Dr. Jean Andrade, autuou a mulher em flagrante pelos crimes de dano qualificado, ameaça, injúria, e furto de uma carteira, ela deverá ficar presa até uma decisão judicial.

Já a vítima apresentou a documentação da arma de fogo e foi liberada.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros