Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 19 de Julho de 2023, 14:45 - A | A

Quarta-feira, 19 de Julho de 2023, 14h:45 - A | A

Balanço Defron

Operações na região de fronteira resultaram em 68 presos e na desarticulação de organizações criminosas

Ações tiveram como foco o combate ao tráfico de drogas, receptação de veículos furtados e roubados e lavagem de dinheiro

Juína News com Assessoria

O combate aos crimes na região de fronteira entre Mato Grosso e a Bolívia nunca foi tão intenso. No primeiro semestre de 2023, os trabalhos da Delegacia Especial de Fronteira (Defron) resultaram na prisão de 68 pessoas, na realização de duas grandes operações, além da incineração de mais de 850 quilos de entorpecentes que foram retirados de circulação.

Entre os meses de janeiro a junho, as ações da Defron resultaram em mais de 130 ordens judiciais cumpridas, entre mandados de prisão, busca e apreensão e bloqueios de bens, na apreensão de grande quantidade de entorpecente, em especial pasta base de cocaína, 11 armas de fogo, 210 munições, veículos, dinheiro e mais de R$ 230 mil em bloqueio de valores.

A delegada titular da Delegacia de Fronteira, Bruna Caroline Fernandes de Laet, destacou que as ações do primeiro semestre tiveram o objetivo principal de desarticular organizações e associações criminosas que atuam na região de fronteira com a Bolívia, em especial com os crimes de tráfico de drogas e a receptação de veículos produto de roubos e furtos.

“Com foco na identificação de integrantes e desarticulação de grupos criminosos, foram desenvolvidas investigações qualificadas que apuraram não só o crime de tráfico de drogas, como suas ramificações, incluindo a lavagem de dinheiro”, disse a delegada.

Operação Cognato

No mês de maio, a Defron e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Regional Cáceres) deflagraram a Operação Cognato para cumprimento de 99 ordens judiciais, sendo 38 mandados de prisão preventiva, 43 mandados de busca e apreensão e 18 bloqueios de bens e valores.

A operação tinha o objetivo de desarticular esquema criminoso voltado à prática de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, roubos e furtos na região de fronteira, com ramificações em outras cidades do estado de Mato Grosso. Os mandados foram cumpridos nas cidades de Cáceres, Rio Branco, Salto do Céu, Várzea Grande, Cuiabá, Tangará da Serra, Sinop, Lucas do Rio Verde, Porto dos Gaúchos, Nova Maringá e Água Boa.

As investigações iniciaram em 2021, identificando dois dos líderes da organização criminosa - um deles controlava o tráfico de drogas em Cáceres, Nova Maringá, Porto dos Gaúchos e Nova Lacerda; e o outro comandava a ação dos demais integrantes de dentro de uma penitenciária.

Operação Prospice

Deflagrada no mês de junho, a Operação Prospice cumpriu de 29 ordens judiciais contra uma organização criminosa que atua na região de fronteira com o tráfico de drogas e receptação de veículos roubados ou furtados em outros estados.

As investigações, que duraram cerca de um ano, iniciaram em junho de 2022 para apurar o tráfico de drogas cometido por moradores da região de fronteira, que enviavam cloridrato e pasta base de cocaína ao estado de São Paulo.

A Defron apurou que os integrantes da organização criminosa em Mato Grosso recebiam veículos roubados ou furtados em outros estados e utilizados como pagamento de entorpecentes adquiridos na fronteira.

Incineração

Em duas incinerações realizadas no primeiro semestre, a Defron tirou de circulação mais de 850 quilos de entorpecentes entre maconha, pasta base e cocaína, causando grande prejuízo para o tráfico de drogas. Na primeira incineração realizada no mês de março foram queimados 218 quilos de drogas e na segunda, no mês de maio, foram mais 632 quilos de entorpecentes destruídos.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros