Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Polícia Segunda-feira, 06 de Fevereiro de 2023, 07:56 - A | A

Segunda-feira, 06 de Fevereiro de 2023, 07h:56 - A | A

carregado de soja

PM frustra tentativa de furto de carga e prende cinco homens em Sinop

Suspeitos planejavam furtar um caminhão carregado com soja a mando de uma facção criminosa

Da Redação

Policiais militares do 11º Batalhão prenderam em flagrante cinco homens, com idades entre 18 e 29 anos, e frustraram uma tentativa de furto a um caminhão carregado de soja, na madrugada deste sábado (04.02), em Sinop. Na ação, a PM apreendeu uma arma de fogo e um aparelho bloqueador de sinal de veículos.

Conforme o boletim de ocorrência, a equipe do Grupo de Apoio (GAP) estava em patrulhamento pelo bairro Menino Jesus e visualizou um veículo Fiat Uno, em suspeita. Ao se aproximarem para abordagem, o condutor do carro arrancou em alta velocidade e fugiu praticando manobras perigosas, desobedecendo às ordens de parada dadas pela PM.

Após breve acompanhamento, os policiais militares cercaram o veículo e realizaram a abordagem aos cinco homens que estavam dentro do carro. Questionados sobre o motivo da fuga, os suspeitos deram versões desencontradas dos fatos, sendo que um deles confessou que teria jogado uma mochila pela janela do carro enquanto fugiam.

Foi solicitado apoio da equipe de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Os policiais da unidade realizaram o trajeto feito pelos suspeitos e localizaram a mochila. Ao verificarem o material, foram localizados o bloqueador de sinal de veículo, um rastreador e um revólver calibre .38 com quatro munições.

Ao serem questionados novamente, os suspeitos confessaram que iriam cometer o furto e que a ação seria a mando de uma organização criminosa. Os homens ainda informaram que o caminhão seria levado para o estado do Pará.

Diante da situação, foi dada voz de prisão a todos os suspeitos, que foram conduzidos para a Delegacia de Sinop, para registro de boletim de ocorrência e demais providências cabíveis.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros