Juína/MT, 16 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

16 de Junho de 2024


Polícia Quarta-feira, 20 de Março de 2019, 00:00 - A | A

Quarta-feira, 20 de Março de 2019, 00h:00 - A | A

Polícia Civil encontra arma de fogo, munições e drogas durante cumprimento de mandado de prisão em Juína

Juína News

Em mais uma ação de trabalho da polícia civil de Juína, o delegado Marco Remuzzi representou pela prisão preventiva de quatro suspeitos de uma tentativa de homicídio contra a vítima Jeferson Aparecido dos Santos, vulgo Jefinho, ocorrido no dia 06 de fevereiro no bairro São José Operário.

Segundo a polícia civil, o executor de ter atentado contra a vida de Jefinho é Deriki Loran dos Santos Reis, de 30 anos de idade, que foi preso ontem no bairro módulo 04, onde a polícia realizou uma busca na residência e encontrou várias porções de pasta base de cocaína e maconha, além de uma pistola.40 e 27 munições do mesmo calibre e uma balança de precisão juntamente com vários objetos sem origem, prendendo mais dois rapazes que se encontravam na residência Alexandre Garcia, 29, e Gilberto dos Santos Silva, 37. Estes últimos foram autuados em flagrante por crime de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com o  delegado de polícia, doutor Marco Bortolotto Remuzzi, a motivação da tentativa de homicídio contra Jeferson Aparecido dos Santos (Jefinho) é proveniente de um acerto de contas relacionadas ao tráfico de drogas, sendo que o mandante do crime foi Evandro Luz de Santana que já se encontra preso na PCE, em Cuiabá. As investigações apontaram ainda que Marta Souza Amorim e Alexsandro Claro da Silva, que também já estão presos em Juína tiveram participação na tentativa de homicídio.

O suspeito Deriki veio recentemente da cidade de Brasnorte onde a polícia recebeu várias ligações anônimas relatando que o mesmo estava traficando drogas na cidade de Juína em companhia de Alexandre Garcia de 29 anos de idade.

Deriki foi preso na residência de seu comparsa Gilberto, residente na Rua Missionário Gunnar Vingre, Nº 1156, bairro módulo 04.

Deriki e Alexandre tentaram empreender fuga, porém foram perseguidos e presos pelos policiais próximos a praça do bairro módulo 04.

O proprietário da residência Gilberto tentou de evadir do local pulando uma janela e foi capturado no ato da fuga.

Ao total, foram quatros pessoas envolvidas na tentativa de homicídio contra Jefinho. 

A polícia civil de Juína sob comando do delegado Marco Remuzzi efetuou várias prisões de criminosos ligados a facções criminosas, no ano de 2018, sendo cumprido mais de 30 prisões, tirando de circulação bandidos de alta periculosidade.

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros