Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Polícia Domingo, 24 de Dezembro de 2023, 13:21 - A | A

Domingo, 24 de Dezembro de 2023, 13h:21 - A | A

Monitorava vítimas

Polícia Civil prende ‘Karol do Grau’ que dava apoio para o CV matar desafetos em Juína

Suspeita dava apoio logístico a facção Comando Vermelho nas execuções no município

Juína News

Karol Karine da Silva, de 23 anos, vulgo “Karol do Grau ou Karine Uber Capes” vai passar o natal atrás das grades. Ela foi presa no fim da manhã deste domingo, dia 24, por uma equipe da Polícia Judiciária Civil em Juína, MT, por força de mandado de prisão preventiva.

Segundo as investigações, Karol é suspeita de cometer/participar, em tese, de crime de homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O Ministério Público se manifestou parcialmente favorável ao pedido da Autoridade Policial.

Conforme a ordem judicial, os indícios de autoria estão plasmados nas conversas extraídas do relatório de degravação dos celulares apreendidos bem como depoimentos das testemunhas e conversas degravadas, cujos trechos são relevantes.

Sua função na facção criminosa Comando Vermelho, conforme a polícia, é a logística, ou seja, de ter dado apoio aos criminosos para a prática de uma tripla tentativa de homicídio no dia 05 de novembro na rua Jacarezinho no bairro Módulo – 05.

Em vírtude de seu envolvimento, no dia 16 de novembro ‘Karol do Grau’ foi presa pela Polícia Civil em flagrante após os policiais cumprirem mandado de busca e apreensão e encontrarem em sua casa munições e cartelas de munições vazias.

Relembre: Jovem que deu apoio em tripla tentativa de homicídio é presa pela Polícia Civil de Juína

Levada para audiência de custódia a justiça concedeu prisão domiciliar a suspeita.

Em continuidade com as investigações no que tange outros homicídios ocorrido no município de Juína, a Polícia Civil descobriu o envolvimento dela na organização criminosa ocasão que ela supostamente estaria “cuidando” o momento em que uma vítima estaria em casa para os executores do Comando Vermelho fossem executá-la. O cenário aponta participação de Karol, cuja função que lhe foi atribuída, em tese, foi primordial para execução do homicídio na medida em que ela estava de “tocaia” observando o momento em que a vítima supostamente sozinha para que fosse executada.

Os crimes praticados de tentativas de homicídio e homicídios consumados ocorreram em cenário de aparente execução, envolvendo a disputa pelo monopólio do tráfico entre as facções criminosas do Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC) em Juína.

Ao ser encontrada pela Polícia Civil, a suspeita foi encaminhada para à delegacia de polícia e agora 'Karol do Grau' está fazendo companhia para Andressa Nascimento Santos, vulgo,  “Mana Perigosa”, disciplina da organização criminosa que foi presa na sexta-feira pela Polícia Civil após praticar crime de tortura em Juína.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros