Juína/MT, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

15 de Junho de 2024


Polícia Sábado, 26 de Agosto de 2023, 13:34 - A | A

Sábado, 26 de Agosto de 2023, 13h:34 - A | A

Investigação minuciosa

Polícia Civil prende membros de facção criminosa, apreende armas de fogo e droga em Castanheira

Juína News

Sem trégua para o crime organizado. É assim que tem sido nos últimos dias em Juína e região com atuação incessante da Polícia Judiciária Civil que tem desmonetizado as organizações criminosas com prisões de criminosos, apreensão de drogas e armas de fogo.

Na quarta-feira, um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) foi surpreendido por uma ação exitosa de investigadores que o encurralaram em uma residência na região central apreendendo drogas, armas de fogo, balança de precisão e dinheiro. João Paulo Guedes, vulgo “Dedezão” não teve tempo hábil para uma reação e foi preso. No dia seguinte a casa onde ele residia foi invadida e duas motocicletas dele, uma Honda XRE e uma Honda CG foram incendiadas.

Ontem em mais uma ação exitosa dois suspeitos de integrar a organização criminosa Comando Vermelho (CV) foram presos após um intenso trabalho de investigação, eles eram os responsáveis pela mercancia de droga em Castanheira, segundo as investigações.

Conforme apuração do portal de jornalismo do Juína News, a prisão dos suspeitos, Paulo Cézar Arevalo Barbosa, vulgo “Galoxe” de 28 anos, este com passagens por tráfico de drogas, e Rickson Bruno Rodrigues do Carmo, de 22 anos, só ocorreu depois que várias denúncias anônimas chegaram até os investigadores de que membros da facção, além do tráfico de drogas, estariam andando armados e praticando salves em indivíduos que estariam em dívidas com o grupo criminoso.

Policiais Civis diligenciaram até o munícipio de Castanheira na tarde desta sexta-feira e passaram a monitorar a residência do suspeito Paulo Cézar, o “Galoxe” que saía com uma certa frequência e se dirigia sempre a casa de Rickson Bruno que mora na Coabe, saída para Colniza, sendo este um velho conhecido da polícia por envolvimento com o tráfico de drogas naquele município.
Durante essas idas e vindas a equipe policial realizou a abordagem nos suspeitos, sendo localizado com Rickson Bruno uma porção de substância análoga a cocaína pura, e uma porção média de substância análoga a pasta base de cocaína, crack.

O outro suspeito Paulo Cezar “Galoxe” ao perceber a presença dos policiais, tentou se livrar de uma grande porção de pasta base análoga a cocaína, onde um dos investigadores avistou a droga e fez a apreensão, e durante revista pessoal foi localizada em sua cintura uma pistola .40 municiada.

Na casa dele (Paulo Cezar) os investigadores encontraram mais drogas do tipo pasta base de cocaína e 10 porções da mesma droga pronta para ser comercializada, e mais 05 porções análogas a maconha pronta para comercialização. Um revólver cailbre.38 com 05 munições intactas foi apreendida na casa de Rickson.

Os policiais identificaram que uma das armas apreendidas tem o mesmo calibre da arma utilizada para matar uma mulher conhecida como Rosilândia Trindade, porém, a referida arma deverá passar por uma perícia.

Os suspeitos foram presos e conduzidos para a delegacia municipal de Juína, juntamente com as drogas e as armas apreendidas.

Siga o Juína News nas redes sociais facebook/juinanews e no Instagram clicando aqui @juinanews

Armas de fogo e droga apreendidas

 

 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros