Juína/MT, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

18 de Junho de 2024


Polícia Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 16:51 - A | A

Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 16h:51 - A | A

Suspeita de racismo, dona de salão de beleza é presa pela Polícia Civil em Colniza

A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo com 12 munições

Juína News com Assessoria

A proprietária de salão de beleza no município de Colniza (1.065 km a noroeste), foi presa pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (27.11). Uma arma de fogo também foi apreendida.

A suspeita de 39 anos foi autuada em flagrante pelos crimes de ameaça, injuria racial e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito ou proibido.

As diligências iniciaram logo após a vítima de 29 anos procurar a Delegacia de Polícia, para registrar a ocorrência e narrar que a suspeita foi até a sua casa dizendo que queria mata-lá.

Conforme a comunicante, a mulher invadiu o local, e pela janela do imóvel apontou uma arma de fogo para a vítima, a ameaçou de morte e ainda a xingou com palavras racista e de baixo calão. 

Com base nos fatos narrados e da manifestação da vítima representar criminalmente contra a suspeita, os policiais civis foram até o trabalho da suspeita, a qual é dona de um salão de beleza.

No endereço a equipe localizou dentro da bolsa da mulher, uma pistola Taurus calibre 9 milímetros com doze munições intactas. Diante do flagrante, ela foi encaminhada até a Delegacia de Colniza.

A conduzida foi interrogada e autuada pelos crimes de ameaça, praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça. cor, etnia, teigão ou procedência nacional, e posse ou porte ilegal de arma de fogo de udo restrito ou proibido.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros