Juína/MT, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

25 de Julho de 2024


Brasil Segunda-feira, 21 de Agosto de 2023, 07:56 - A | A

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2023, 07h:56 - A | A

Desaceleração de crédito no Brasil foi muito menor que no resto do mundo, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 16, que a desaceleração do crédito no Brasil foi muito menor que no resto do mundo. "Vemos uma desaceleração grande no mundo, indo para 0,0% de crescimento", disse Campos Neto, que ponderou que na parte das empresas a expectativa é um pouco melhor.

Ele contrapôs que no Brasil, por outro lado, a Febraban revisou recentemente a expectativa para o crescimento do crédito no País para em torno de 8,0% neste ano. 

Campos Neto reafirmou, na sequência, que o objetivo do BC é fazer um pouso suave na economia, ou seja, trazer a inflação para baixo com o menor custo possível para a sociedade.

‘Com o menor custo de crescimento negativo e emprego, e, na parte de crédito, tentando retrair o mínimo possível", emendou o presidente do BC. "É óbvio que alguma retração de crédito precisa ter quando estamos em um processo de desinflação‘, ponderou.

O presidente do BC participou na manhã desta quarta-feira do 35º Congresso da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

 

 

Fonte: Estadão

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros