Juína/MT, 14 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png youtube001.png
aa9a80b34a620ff8aded7659831dc4b1.png
https://cdn.juinanews.com.br/storage/webdisco/2023/07/07/original/6752654577c6b33b1b62a50f637045f0.png
00:00:00

14 de Julho de 2024


Gerais Terça-feira, 04 de Julho de 2023, 09:33 - A | A

Terça-feira, 04 de Julho de 2023, 09h:33 - A | A

Segurança e Praticidade

Versão digital da Carteira de Identidade Nacional tem mesma validade que a física

Recurso pode ser acessado em qualquer dia e horário por meio do aplicativo GOV.BR

Juína News com Assessoria

A versão digital da Carteira de Identidade Nacional (CIN) tem a mesma validade que a física para diversos serviços, como, para a identificação do passageiro em viagens nacionais. O documento possui recursos de segurança avançados e criptografados para proteger os dados de seu usuário, sem perder a facilidade do acesso, que se dá por meio do aplicativo gov.br. Em Mato Grosso, o novo documento foi implantado em março de 2023.

A versão digital do documento pode ser acessada em qualquer dia e horário.  Com ela, o cidadão ainda tem a tranquilidade e agilidade de poder apresentar seu documento sem necessidade de fotocópia, podendo ser compartilhado diretamente do app Gov.br.

Para ter acesso à CIN digital é necessária a conclusão de todas as etapas do cadastro para a obtenção do selo de confiabilidade “prata” ou “ouro”. A CIN digital poderá ser obtida clicando no botão “carteira de documentos’’.

O formato digital pode conter outros dados opcionais que o requerente deseja incluir no documento, como: Nome Social; Grupo Sanguíneo e Fator RH; DNI(Documento Nacional de Identificação); CID ( Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde); NIS / PIS/ PASEP; Certidão Militar; CNH (Carteira Nacional de Habilitação); Título de Eleitor; Identidade Profissional; Número do Cartão Nacional de Saúde (Cartão do SUS); CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social); e Símbolos Internacionais de Acessibilidade. 

Como solicitar

A CIN digital é gerada após a finalização do processo de  impressão do documento físico, quando é automaticamente liberada no aplicativo GOV.BR.

O processo de emissão da nova identidade é realizado presencialmente por meio das unidades do Ganha Tempo ou em um dos 145 postos de atendimento da Politec.

Os atendimentos nas unidades do Ganha Tempo são realizados mediante agendamento através do site da unidade.

Para a solicitação do documento, basta levar o número do CPF e a certidão de nascimento ou casamento civil. No caso de menores de 16 anos é exigida a presença dos pais, munidos de seus documentos de identificação.

A primeira via da nova identidade é gratuita para as versões física, em cédula, e digital. Já o modelo impresso em cartões de policarbonato tem a taxa de R$ 99,53 para emissão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros